Rio de Janeiro Rio: corpo de bombeiro é localizado na Barra da Tijuca, zona oeste

Rio: corpo de bombeiro é localizado na Barra da Tijuca, zona oeste

O tenente-bombeiro Ítalo dos Santos desapareceu durante treinamento no mar na última sexta (23)

  • Rio de Janeiro | Rafael Nascimento, do R7 *, com Record TV Rio

Resumindo a Notícia

  • Corpo do tenente-bombeiro Ítalo dos Santos foi localizado na Barra da Tijuca, zona oeste
  • O tenente desapareceu na última sexta (23) durante um treinamento no mar
  • Guarda-vidas, mergulhadores, motos-aquáticas e helicópteros foram usados no resgate
  • O corpo foi encontrado por volta de 6h30 da manhã desta terça (27)
Tenente Ítalo estava desaparecido desde a última sexta (23)

Tenente Ítalo estava desaparecido desde a última sexta (23)

Reprodução

O CBMERJ (Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro) encontrou nesta terça-feira (27) o corpo do tenente Ítalo dos Santos, de 30 anos, que desapareceu na última sexta-feira (23) durante treinamento no mar, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. O corpo foi encontrado por volta de 6h30 da manhã no 2º GMAR (Grupamento Marítimo) da Barra da Tijuca.

A operação de resgate durou 4 dias e contou com o apoio de centenas de guarda-vidas, mergulhadores, motos-aquáticas, embarcações, quadriciclos, helicópteros e drones.

O desaparecimento

O sumiço do tenente Ítalo foi notado pelos colegas durante uma prova de arrebentação em um treinamento marítimo. Segundo informações da Record TV Rio, Ítalo estava na corporação desde 2013 e iniciou o treinamento marítimo em outubro do ano passado, que tinha previsão de término para maio deste ano.

Após o desaparecimento, o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros RJ, coronel Leandro Monteiro, disse que Ítalo estava sob supervisão de monitores na hora do desaparecimento.

“Ítalo é um militar experiente, com formação diferenciada na nossa Academia, oito anos de corporação e triatleta. No momento do acidente, ele participava de uma bateria com outros alunos, usava equipamento de segurança e estava sob supervisão de monitores, mergulhadores e motos-aquáticas. Ele submergiu e não voltou à superfície.”

* Estagiário do R7 sob supervisão de PH Rosa

Últimas