Rio de Janeiro Rio: MPF abre investigação após traficante ser solto com alvará falso

Rio: MPF abre investigação após traficante ser solto com alvará falso

Condenado a 27 anos de prisão, João Filipe Barbieri deixou penitenciária de Bangu, na zona oeste, em novembro de 2020

  • Rio de Janeiro | Mariene Lino, do R7*

O MPF (Ministério Público Federal), por meio do Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial, instaurou na quinta-feira (11) um inquérito para apurar a saída do traficante João Filipe Barbieri da penitenciária de Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro, após a defesa apresentar um alvará de soltura falso. O homem é enteado de Frederik Barbieri, conhecido como 'Senhor das Armas', preso nos Estados Unidos por tráfico internacional de armas.

Câmeras flagraram saída de traficante

Câmeras flagraram saída de traficante

Reprodução/Record TV

De acordo com o MPF, em caráter de urgência, foram expedidos ofícios à Seap (Secretaria de Administração Penitenciária) para que a secretaria envie todas as informações relativas ao caso, o que inclui o documento falso. O desembargador Marcelo Granado, relator do processo de Barbieri na Justiça Federal, também foi notificado.

Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento em que o criminoso deixou a prisão em novembro do ano passado. Ele foi condenado a 27 anos de prisão por tráfico internacional de armas e associação ao tráfico de drogas e cumpriu apenas três anos da pena.

O suposto documento teria sido expedido pela 8ª Vara Federal Criminal, mas a Justiça Federal afirmou que o alvará é falso, pois não foi emitida qualquer decisão favorável ao condenado. 

Além de Barbieri, um outro preso também conseguiu sair da penitenciária apresentando um suposto alvará de soltura.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas