Rio de Janeiro Rio: suspeito de esfaquear ex-companheira é preso em Cordovil

Rio: suspeito de esfaquear ex-companheira é preso em Cordovil

Homem foi detido por um policial reformado enquanto tentava fugir da cena do crime. PMs encontraram corpo e arma do crime na casa da vítima

Feminicídio Cordovil

Marcele tinha 27 anos e deixou dois filhos

Marcele tinha 27 anos e deixou dois filhos

Record TV Rio

Um suspeito de esfaquear a ex-companheira em Cordovil, zona norte do Rio de Janeiro, foi detido por um policial militar reformado na manhã desta sexta-feira (4).

Marcele Rodrigues da Silva, de 27 anos, foi assassinada na frente do filho, de 8. Ela estava separada há mais de um ano do suspeito, de acordo com informações da RecordTV.

Filho de vereador do Rio suspeito de agredir esposa se entrega

Segundo a PM, o homem foi preso enquanto tentava fugir na rua Comandante Coelho, em Cordovil. Uma viatura do 16ºBPM (Olaria) foi acionada para o local e, dentro da residência, encontraram o corpo da vítima e a faca utilizada no crime.

Ainda segundo a corporação, a cena do crime foi preservada e a uma equipe da Polícia Civil foi acionada para realizar perícia.

O primeiro caso de feminicídio registrado em 2019 no Rio foi o da manicure Iolanda Crisóstomo de Souza, no morro da Covanca, após uma festa de Réveillon. O ex-marido dela foi preso horas após o crime. Segundo as investigações, o suspeito feriu a vítima com mais 30 facadas na frente do filho de cinco anos. 

Assista ao vídeo:

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa