Rio de Janeiro RJ: deslizamento deixa mãe e cinco filhos mortos em Paraty

RJ: deslizamento deixa mãe e cinco filhos mortos em Paraty

Região da Costa Verde foi uma das mais atingidas pela chuva que cai desde sexta-feira (1º); em Angra, uma criança morreu soterrada

  • Rio de Janeiro | Do R7, com Record TV Rio e Estadão Conteúdo

Chuva provocou alagamentos em Paraty

Chuva provocou alagamentos em Paraty

Reprodução

Uma mãe e cinco filhos morreram na região de Ponta Negra, em Paraty, devido à chuva que cai na cidade da Costa Verde desde a noite de sexta-feira (1º). Segundo a prefeitura, uma sexta criança foi resgatada com vida e encaminhada ao Hospital da Praia Brava.

No total, sete casas foram atingidas por deslizamentos e há mais quatro pessoas feridas. Equipes dos bombeiros e da Defesa Civil estão no local apoiando as ações de resgate. Na cidade, 22 bairros sofreram alagamentos e outras ocorrências ligadas às chuvas.

Em Angra dos Reis, cidade vizinha, uma criança e um adolescente também morreram e ao menos nove pessoas estão desaparecidas por causa de um deslizamento no bairro Monsuaba. A chuva desta madrugada foi a mais intensa da história da cidade. O continente registrou precipitação de 655 mm, enquanto a Ilha Grande recebeu quase 600 mm em 48 horas.

A Polícia Rodoviária Federal informou que a Rodovia Rio-Santos, BR-101, amanheceu neste sábado ainda sob chuva intensa, com vários pontos de interdição ao tráfego, parcial e totalmente, devido a deslizamentos e alagamentos.

O trânsito foi totalmente interrompido em pelo menos oito trechos da BR-101, entre os quilômetros 446 e 599. Em Angra dos Reis, havia dois pontos de interdição devido à queda de árvore e barreira. Em Paraty, o trânsito também estava parcialmente interrompido na altura do quilômetro 529. Em Mangaratiba, havia quatro pontos de interdição, três deles por queda de árvores e um por deslizamento. A PRF também informou que havia diversos outros pontos de interdição parcial ainda não mapeados, "devido à impossibilidade de acesso".

Últimas