Rio de Janeiro RJ: paciente diz ter sofrido racismo durante cirurgia em clínica

RJ: paciente diz ter sofrido racismo durante cirurgia em clínica

Cristiana Boneta disse que funcionária lhe ofereceu sacolas plásticas, pois seus cabelos seriam volumosos e não caberiam nas toucas descartáveis

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*, com Record TV

Paciente alegou ser obrigada a usar sacolas plásticas

Paciente alegou ser obrigada a usar sacolas plásticas

Reprodução/Record TV Rio

A esteticista Cristiana Boneta alegou ter sofrido racismo durante cirurgia em uma clínica odontológica em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A paciente denunciou que teve que usar sacolas plásticas no atendimento.

Segundo Cristiana, a auxiliar do dentista teria dito que seus cabelos volumosos não caberiam na touca descartável e que seria melhor ela usar o material plástico. A paciente registrou a situação em seu celular.

Polícia prende falso médico que fazia procedimentos estéticos no Rio

“Foi surpreendente, né? Eu meio que fiquei em choque, a ficha ainda não tinha caído”, afirmou em entrevista à Record TV.

Mesmo constrangida, a esteticista realizou a consulta, pois, de acordo com ela, já estava paga. Entretanto, Cristiana pretende entrar com uma ação na Justiça.

“A gente entende que o fato dessa pessoa substituir equipamentos de proteção individual por sacos de lixo, foi uma forma que ela encontrou de exteriorizar todo preconceito que carrega”, explicou o advogado da paciente.

A clínica odontológica negou o crime de racismo e informou que o uso das sacolas plásticas foi uma solução de momento encontrada para evitar qualquer tipo de contaminação, já que não tinha equipamentos de proteção.

A Vigilância Sanitária de Duque de Caxias reforçou que os pacientes, ao realizarem uma cirurgia, devem usar avental, óculos e toalhas descartáveis. A denúncia de Cristiana foi repassada ao Conselho Regional de Odontologia.

Veja a reportagem:

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas