Rio de Janeiro RJ: sem funcionários, família enterra própria mãe em cemitério

RJ: sem funcionários, família enterra própria mãe em cemitério

Coveiros estavam em horário de almoço no momento do enterro; diretor do cemitério e funcionários envolvidos foram exonerados

  • Rio de Janeiro | Rafael Nascimento, do R7 *

Em um vídeo que circula nas redes sociais quatro pessoas, incluindo duas crianças, aparecem realizando enterrando um corpo na última quinta-feira (18), em Magé, na Baixada Fluminense. O fato teria ocorrido porque os funcionários responsáveis por realizar o sepultamento estavam em horário de almoço e não houve revezamento para atender a família.

Nas imagens, é possível ouvir da pessoa que faz a gravação que o grupo está enterrando a própria mãe.

Coveiros estavam em horário de almoço no momento do enterro

Coveiros estavam em horário de almoço no momento do enterro

Arquivo pessoal

“A gente que tá enterrando a nossa mãe [...] é a mulher que esperou a gente nove meses na barriga, que colocou a gente pra fora”, disse.

Em nota, a Prefeitura do município afirma que assim que tomou ciência do ocorrido exonerou o diretor do cemitério Vila Esperança, na unidade Magé II.

O posicionamento diz ainda que a família teve o processo funeral todo agilizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos mas que quando o corpo chegou ao local de enterro, todos os coveiros tinham sido liberados para o horário de almoço.

Em um pronunciamento em uma rede social, o prefeito da cidade Renato Cozzolino (PP), afirma que além do diretor, todos os funcionários ausentes no ocorrido também foram exonerados.

Após vetar praias, Rio prepara mais restrições e vai antecipar feriados

“O que ocorreu hoje é inadmissível. Não pode, nem irá se repetir. Eu quero aqui na condição de prefeito me desculpar e solidarizar com todos os familiares”.

* Estagiário do R7 sob supervisão de PH Rosa

Últimas