RJ: suspeito de construir prédios que caíram na Muzema é preso

Segundo a polícia, "Zé do Rolo" é o responsável por construir e vender os prédios que caíram na zona oeste do Rio; 24 pessoas morreram 

Armamento apreendido com "Zé do Rolo"

Armamento apreendido com "Zé do Rolo"

Reprodução/ Record TV Rio

A Polícia Militar do Recife prendeu o “Zé do Rolo” no interior do Estado na quarta-feira (18). Segundo a polícia, ele é apontado como o líder do grupo responsável por vender apartamentos dos dois prédios que caíram na Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro, que deixou 24 pessoas mortas e inúmeras feridas.

Leia mais: Dois pacientes e um funcionário do Hospital Badim recebem alta

Contra ele, havia um mandado de prisão preventiva expedido pelo TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro).

“Zé do Rolo” foi detido em um sítio na zona rural de Afogados da Ingazeira, a cerca de 400 km da capital. Com duas espingardas, ele tentou fugir pela caatinga, mas foi alcançado pelos policiais. Outras duas pessoas foram presas por darem cobertura ao homem.

Aos policiais, ele explicou que fugiu do Rio de Janeiro com medo de represálias da milícia à qual era ligado.

Queda de dois edifícios deixaram 24 pessoas mortas na Muzema

Queda de dois edifícios deixaram 24 pessoas mortas na Muzema

Prefeitura do Rio

Segundo a delegada Adriana Belém, da 16ª DP (Barra da Tijuca), responsável pelas investigações no Rio de Janeiro, o homem preso tem o perfil violento.

"Contra ele pesa um mandato de prisão contra 24 homicídios dolosos e a participação em organização criminosa. Ele é uma pessoa de perfil violento", disse.

Belém ainda disse que tenta trazer o suspeito para o Rio: "Estamos nos mobilizando para trazer ele para o Rio de Janeiro. Ele tem muitos esclarecimentos para dar".

Assista ao vídeo:

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa