Rio de Janeiro Sindicato suspende greve dos rodoviários após liminar judicial

Sindicato suspende greve dos rodoviários após liminar judicial

Grevistas também suspenderam assembleia marcada para hoje; Justiça determinou multa de R$ 200 mil caso greve fosse mantida

Pela manhã, apenas 50% da frota de ônibus regulares circulava no Rio

Pela manhã, apenas 50% da frota de ônibus regulares circulava no Rio

JOSE LUCENA/THENEWS2/ESTADÃO CONTEÚDO - 29.03.2022

O Sintrucad-Rio (Sindicato dos Rodoviários) suspendeu a greve iniciada à meia-noite desta terça-feira (29) na cidade do Rio após a Justiça conceder liminar ao Rio Ônibus determinando multa de R$ 200 mil caso o movimento continuasse.

Em nota divulgada no site, o sindicato lamentou “mais essa intervenção do Judiciário que favorece os patrões em detrimento do direito básico dos trabalhadores" e afirma que vai entrar com o recurso cabível.

O grupo também suspendeu a assembleia que estava marcada para às 14h desta terça-feira. Uma audiência de conciliação foi marcada para 4 de abril.

A greve iniciada na madrugada de hoje deixou estações de BRT fechadas e a frota de ônibus reduzida a 50% na cidade. Pela manhã, pontos estavam lotados em diversos bairros.

De acordo com o sindicato, a categoria está há mais de três anos sem nenhum reajuste, seja de salário, tickets ou cesta básica. A capital tem cerca de 19 mil rodoviários, que transportam diariamente aproximadamente 3 milhões de usuários do transporte carioca.

Os trabalhadores reivindicam melhores condições de trabalho e reajuste dos salários. A categoria vem organizando paralisações desde novembro do ano passado, quando o sindicato convocou uma assembleia para discutir a possibilidade de greve geral por tempo indeterminado.

Últimas