Rio de Janeiro Sobe para 7 o número de mortos após chuva em Petrópolis (RJ)

Sobe para 7 o número de mortos após chuva em Petrópolis (RJ)

O corpo de um homem adulto e o de uma adolescente foram encontrados soterrados na rua Washington Luiz

Cães ajudam bombeiros nas buscas  por vítimas

Cães ajudam bombeiros nas buscas por vítimas

Governo RJ

Subiu para sete o número de mortos após o temporal que atingiu Petrópolis, na região serrana do estado do Rio de Janeiro, no último domingo (20) — sendo que uma das vítimas pode ser da tragédia de fevereiro.

O Corpo de Bombeiros localizou, nesta terça-feira (22), mais duas vítimas soterradas na rua Washington Luiz. Os corpos encontrados são de um homem adulto e de uma adolescente. As identificações ainda não foram confirmadas pelas autoridades.

Os bombeiros procuram por mais uma vítima desaparecida na mesma região. Ao menos 140 militares atuam em Petrópolis, com suporte de cães farejadores da corporação.

Desde domingo, o Corpo de Bombeiros recebeu mais de 65 chamados para deslizamentos, desabamentos e salvamentos de pessoas ilhadas em diversos pontos. Trinta e quatro pessoas foram resgatadas com vida.

Também hoje, a Secretaria de Defesa Civil informou que as sirenes que alertam para risco de chuva forte foram desmobilizadas. O desligamento dos equipamentos ocorreu após o período de 24 horas de ausência de chuva e redução do acumulado pluviométrico.

No entanto, a Defesa Civil mantém o alerta para a possibilidade de ocorrência de deslizamentos nas áreas afetadas. A previsão é de estabilidade nas condições do tempo até quinta (24).

Na sexta-feira (25), o tempo começa a mudar, devido às temperaturas elevadas e à umidade. Há a possibilidade de pancadas de chuva moderada, de forma isolada, para o período da tarde.

Últimas