Suspeito de atacar sede do Porta dos Fundos pede habeas corpus

Foragido na Rússia desde o último dia 30 de dezembro, o economista Eduardo Fauzi está incluído na lista vermelha da Interpol

Fauzi viajou à Rússia antes de ter prisão decretada

Fauzi viajou à Rússia antes de ter prisão decretada

Severino Silva/Agência O Dia/Estadão Conteúdo – 6.11.2013

A defesa do economista Eduardo Fauzi, suspeito de atacar a sede da produtora do Porta dos Fundos, entrou nesta quarta-feira (8) com um pedido de habeas corpus no TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro).

A petição foi encaminhada para segunda vice-presidência da Corte e ainda será distribuída para ser julgada em uma das Câmaras Criminais.

Leia mais: Itamaraty nega ter pedido extradição de Fauzi

Fauzi está foragido desde o último dia 30 de dezembro, quando a Polícia Civil tentou cumprir mandado de prisão em quatro endereços ligados a ele no Rio de Janeiro, mas não o encontrou. Depois, descobriu-se que o economista havia embarcado para a Rússia um dia antes de sua prisão ser decretada.

Eduardo Fauzi Richard Cerquise foi incluído na lista de Difusão Vermelha da Interpol, que é o alerta máximo da agência e limita os deslocamentos do alvo. Se ingressar em território que integra a comunidade policial, Fauzi pode ser imediatamente detido.