Rio de Janeiro Suspeito de chefiar tráfico dá festa de casamento em São Gonçalo (RJ)

Suspeito de chefiar tráfico dá festa de casamento em São Gonçalo (RJ)

Publicações em redes sociais mostram “2N” ou “Neném”, como é conhecido, ao lado de sua noiva; ele é o suposto líder do complexo do Salgueiro

Suspeito de chefiar tráfico dá festa de casamento em São Gonçalo (RJ)

Reprodução/RecordTV Rio

O suspeito de chefiar o tráfico do complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, realizou no último domingo (13) sua festa de casamento.

'Morreu como herói', diz primo de jovem baleado ao proteger mãe

Diversos vídeos e fotos publicadas por convidados nas redes sociais mostram o suspeito, conhecido como “2N” ou “Neném”, entrando no salão de terno branco ao lado de sua noiva, enquanto andam sobre um tapete vermelho.

De acordo com informações da RecordTV, outros três suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas eram padrinhos dos noivos.
Entre os convidados do casamento estava um jogador da Ponte Preta que diz ter sido convidado pela noiva, sem saber quem era “2N”.

O clube divulgou que o atleta estava concentrado até o final da tarde de sábado (12), mas recebeu folga durante o resto do dia até o domingo.

“2N” tem mandados de prisão em aberto e uma recompensa de R$ 10 mil, de acordo com o site de procurados do Disque Denúncia. Atualmente, o suspeito é o quinto maior valor entre os foragidos com fotos divulgadas no portal.

Histórico “2N”

O suposto chefe do tráfico no complexo do Salgueiro é suspeito de mandar matar um casal de idosos que teriam removido uma barricada de uma das ruas da comunidade. “2N” também é lembrado pelo vídeo em que aparece jogando dinheiro para o alto durante uma festa.

Uma megaoperação com mais de 1.500 homens, entre militares das Forças Armadas e agentes da Polícia Civil, foi feita no complexo do Salgueiro no final de outubro de 2018. 31 suspeitos foram presos, mas “2N” não foi localizado.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

    Access log