Rio de Janeiro Witzel: Duas novas testemunhas serão ouvidas na quarta-feira (13)

Witzel: Duas novas testemunhas serão ouvidas na quarta-feira (13)

O governador afastado e o ex-secretário de saúde, Edmar Santos, prestarão depoimento em data ainda não definida

O TEM (Tribunal Especial Misto) vai ouvir duas novas testemunhas do processo de impeachment do governador afastado Wilson Witzel às 11h da próxima quarta-feira (13).

Witzel vai ser ouvido em data ainda não definida

Witzel vai ser ouvido em data ainda não definida

Fernando Frazão/Agência Brasil

Serão ouvidos Edson Torres que, de acordo com a denúncia do MPF (Ministério Público Federal), seria um dos integrantes do suposto esquema de corrupção e lavagem de dinheiro e Valter Alencar Pires Rabelo, assessor do Governo do Estado na gestão Witzel. Ambos não prestaram depoimento na audiência do dia 28 de dezembro.

Após os testemunhos de quarta-feira (13), o governador afastado e o ex-secretário estadual de Saúde, Edmar Santos, prestarão depoimento. No entanto, a data ainda não foi definida.

Ciclista morre atropelado em praia da zona oeste do Rio

Witzel responde por crime de responsabilidade em processo que pode ocasionar o seu impeachment. O interrogatório do governador afastado está suspendo e só pode ser realizado após a defesa ter acesso aos documentos emitidos pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça), com prazo mínimo de cinco dias entre o acesso integral e o ato processual.

Durante o interrogatório, Witzel pode exercer a sua autodefesa. Em seguida, defesa e acusação fazem as alegações finais e o relator, o deputado estadual Waldeck Carneiro, viabiliza o relatório final e manifesta o voto que pode ou não ser acompanhado pelos outros integrantes do TCM.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas