São Paulo Adolescentes matam PM e jogam corpo no Rio Paraíba em Aparecida

Adolescentes matam PM e jogam corpo no Rio Paraíba em Aparecida

PM estava de férias, desarmado e foi rendido pelos jovens no interior de São Paulo. Ao descobrirem que ele era um policial, eles decidiram matá-lo

Jovens matam PM em Aparecida

Um dos jovens suspeitos do assassinato foi interrogado no local do crime pela PM

Um dos jovens suspeitos do assassinato foi interrogado no local do crime pela PM

Reprodução/Facebook

Um policial militar foi morto e teve o corpo jogado no Rio Paraíba, na madrugada desta sexta-feira (26), durante um assalto em Aparecida, interior de São Paulo. Os autores do crime, três adolescentes de 15, 16 e 17 anos, foram apreendidos depois de baterem o carro roubado do policial. Eles disseram que só queriam o automóvel, mas decidiram matar o soldado Douglas Gomes do Nascimento, de 34 anos, depois de um deles descobrir que ele era integrante da Polícia Militar.

Em Goiânia, PM embriagado brinca com arma, atira em amigo e se mata em seguida

Nascimento, que estava de férias e desarmado, foi rendido pelo trio na Vila Santa Terezinha, zona norte da cidade. Ao pegar os documentos do veículo, um deles descobriu que se tratava de um policial e os três decidiram matá-lo. O soldado foi atingido por dois tiros e teve o corpo lançado no Rio Paraíba.

Os adolescentes levaram o carro, mas acabaram batendo num poste de iluminação. Os ocupantes de uma viatura da PM que fazia patrulhamento abordaram os menores e, na verificação dos documentos do veículo, apuraram que pertencia ao policial.

PM sofre tentativa de assalto e mata suspeito na zona oeste do Rio

Na revista, os policiais acharam a arma, um revólver calibre 38. Os jovens acabaram confessando o latrocínio. Os três foram encaminhados a uma delegacia da Polícia Civil e passariam por audiência de custódia nesta sexta.

De manhã, equipes do Corpo de Bombeiros fizeram buscas no rio e resgataram o corpo do policial. Nascimento era morador de Cruzeiro, cidade da região, e estava na PM havia quatro anos. Ele estava lotado na 1ª Companhia do 47º Batalhão da Polícia Militar da capital e passava as férias na região.

PM é morto com tiro de fuzil por colega em Sorocaba, interior de SP