São Paulo Anvisa libera produção de respirador contra covid-19 pela USP

Anvisa libera produção de respirador contra covid-19 pela USP

O primeiro lote terá mil ventiladores pulmonares, que serão doados para as cidades do Brasil com maior demanda por insumos para pacientes graves

  • São Paulo | Do R7

Respiradores já foram testados em hospitais do estado de São Paulo

Respiradores já foram testados em hospitais do estado de São Paulo

Governo do Estado de São Paulo - 17.07.2020

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou a USP a iniciar a produção do ventilador emergencial Inspire, para ser usado em pessoas com casos graves de infecção por covid-19. O primeiro lote, produzido em parceria com o CTMSP (Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo), terá mil ventiladores pulmonares, que serão doados para as cidades com maior demanda.

Leia mais: Incor começa a usar respiradores da USP em pacientes com covid-19

De acordo com a Anvisa, os equipamentos devem ser utilizados pelas equipes clínicas dos hospitais como uma alternativa emergencial e transitória, pois se destinam à estabilização de pacientes com incapacidade de manter a respiração e na ausência de um ventilador pulmonar para cuidados críticos, destinado à ventilação automática.

O respirador foi anunciado pela Escola Politécnica da USP no início de abril. NO dia 13 de maio, a universidade iniciou o processo na Anvisa para regularizar a produção e uso do equipamento. No final do mesmo mês, a USP cumpriu algumas exigências técnicas da Anvisa, com a exceção dos testes de imunidade eletromagnética.Esta última exigência técnica foi resolvida no início de julho. 

A Anvisa também já realizou a inspeção no local de fabricação do produto, que foi considerado satisfatório.

Últimas