São Paulo Após assalto, guarda civil é baleado e morre na Grande SP

Após assalto, guarda civil é baleado e morre na Grande SP

Segundo a Polícia Militar, o guarda teve a moto e arma roubadas antes de ser alvejado. O caso é investigado pelo 1º DP de Mauá

Guarda Civil Metropolitano é morto após tentativa de assalto em Mauá

Guarda Civil Metropolitano é morto após tentativa de assalto em Mauá

Reprodução

O guarda civil metropolitano de Santo André Maurício Avelino dos Santos morreu na manhã deste sábado (2), após um suposto assalto na avenida João Ramalho, próximo à prefeitura de Mauá, na região metropolitana de São Paulo.

De acordo com a Polícia Militar, dois homens abordaram o guarda, por volta de 6h10, roubaram sua moto e sua arma antes de disparar contra o homem. Ainda segundo a PM, os supeitos ainda não foram presos. 

Segundo informações, o guarda teria reagido ao tentar se defender. Nesse momento, ele teria sido alvejado no queixo e na testa. O caso foi registrado no 1º DP de Mauá. 

GCM atuava em Santo André

GCM atuava em Santo André

Reprodução

A GCM de Santo André confirmou a identidade do guarda Civil Municipal Avelino. Segundo a Guarda, ele teria acabado de sair de um plantão, no bairro do Pedroso, e estava a caminho de casa quando foi abordado pelos dois suspeitos.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo informou, por meio de nota, que a Policia Civil de Mauá investiga o latrocínio de um GCM, ocorrido na manhã deste sábado.

"O Setor de Homicídios da Seccional de Santo André e a equipe do 1º DP de Mauá, onde a ocorrência foi registrada, estiveram no local dos fatos e buscam imagens para ajudar na identificação dos envolvidos no caso", declarou o órgão.