São Paulo Ato protesta contra privatização do Hospital do Campo Limpo 

Ato protesta contra privatização do Hospital do Campo Limpo 

Manifestantes são contra a entrega da unidade para organização social de saúde Hospital Israelita Albert Einstein, prometida para o dia 1º de agosto

  • São Paulo | Do R7

Ato ocorreu na manhã desta terça-feira (14)

Ato ocorreu na manhã desta terça-feira (14)

DEYVID EDSON/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Manifestantes protestaram em frente ao Hospital Municipal do Campo Limpo contra a privatização da unidade, localizada na Estrada de Itapecerica, no Campo Limpo, zona sul de São Paulo, nesta terça-feira (14). O ato ocorreu de forma pacífica e seguindo orientações sanitárias contra a disseminação do novo coronavírus

Segundo o Sindsep (Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo), a manifestação foi organizada por funcionários e usuários do hospital que são contra a privatização da unidade pela OSS (Organização Social de Saúde) Hospital Israelita Albert Einstein, prevista para o dia 1º de agosto.

Em nota, a Prefeitura disse que o HMCL continua sob administração direta da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e afirma que nenhum servidor será demitido ou transferido da unidade.

Ainda de acordo com a Prefeitura, o novo contrato vai ampliar a equipe que trabalha na unidade para fortalecer o atendimento aos usuários nos setores de emergência, centro cirúrgico e UTIs.

Últimas