Baleado em bloco de Carnaval em SP tentava furtar autor de disparo

Testemunhas prestaram depoimento à polícia. Uma outra mulher, foliã que estava próxima ao local, também levou um tiro e está internada

Duas pessoas foram baleadas durante desfile em Pinheiros

Duas pessoas foram baleadas durante desfile em Pinheiros

Reprodução

O homem baleado durante o desfile de um bloco de Carnaval na Avenida Henrique Schaumann, em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, tentava furtar uma corrente de ouro quando foi atingido pelo disparo realizado pela vítima do furto, de acordo com relato de testemunhas ouvidas pela polícia.

Leia também: Homem é esfaqueado em tentativa de assalto durante bloco no centro

Ele está internado no Hospital Municipal Saboya, no Jabaquara, na zona sul da cidade. Após a recuperação, ele deve passar por uma audiência de custódia. As imagens gravadas durante a festa serão analisadas e novos depoimentos devem ocorrer nos próximos dias. O caso está sendo investigado pelo 14º Distrito Policial, em Pinheiros.

Uma mulher também foi baleada na ação. Trata-se de uma foliã, que foi socorrida ao Hospital das Clínicas. O autor dos disparos não foi identificado.

Segundo informações preliminares da Polícia Militar, houve um chamado de briga generalizada, na altura do número 212 da avenida. O tumulto ocorreu durante a apresentação do Bloco da Latinha Mix, da Rádio Mix FM, que começou às 14h. O DJ Diplo teve a apresentação interrompida após a confusão.

Durante o pré-Carnaval, cinco pessoas foram baleadas durante passagem de um bloco na Avenida Luís Carlos Berrini, na zona sul. Até esta terça-feira, a Operação Carnaval Mais Seguro havia detido 1.324 pessoas em São Paulo.