São Paulo Bernie Ecclestone, ex-CEO da Fórmula 1, é preso em aeroporto de SP por porte ilegal de arma

Bernie Ecclestone, ex-CEO da Fórmula 1, é preso em aeroporto de SP por porte ilegal de arma

Ex-dirigente, de 91 anos, pagou fiança e foi liberado. Ele disse não saber que o objeto estava na bagagem pessoal

  • São Paulo | Edilson Muniz, da Agência Record

Ex-CEO da Fórmula 1 é preso em aeroporto de SP por porte ilegal de arma

Ex-CEO da Fórmula 1 é preso em aeroporto de SP por porte ilegal de arma

Reprodução / Montagem R7

A Polícia Civil prendeu Bernie Ecclestone, ex-dirigente geral da Fórmula 1, por porte ilegal de arma de fogo no aeroporto de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo, na noite desta quarta-feira (25). Ele pagou fiança e foi liberado.

De acordo com a Polícia Civil, Ecclestone, de 91 anos, passava pela inspeção de bagagem realizada pela Polícia Federal quando a máquina de raios-X detectou algo fora do normal, e os agentes foram investigar.

Os policiais encontraram uma arma calibre 32 da LWSeecamp sem regularidade da documentação. Com isso, Ecclestone foi detido em flagrante e conduzido à Deatur (Delegacia Especializada em Atendimento ao Turista) do aeroporto.

O ex-dirigente alegou ser dono da arma, mesmo que de forma irregular, mas disse que não sabia que ela estava na bagagem pessoal. Após Ecclestone ser ouvido, o delegado determinou sua prisão por porte ilegal de arma de fogo.

Foi impetrada fiança, paga pelo empresário e ex-piloto. Ele foi então liberado e seguiu viagem em um voo privado para a Suíça.

Bernie Ecclestone deixou o comando da Fórmula 1 em 2017, quando uma empresa americana assumiu os direitos da categoria de elite do automobilismo. O mandatário é casado com a brasileira Fabiana Flosi Ecclestone desde 2012.

Em 2016, a sogra de Bernie Ecclestone, Aparecida Schunck Flosi Palmeira, de 72 anos, foi sequestrada e, depois de nove dias, encontrada após a Polícia Civil estourar um cativeiro, em Cotia, na região metropolitana de São Paulo.

Repórter de beisebol é atingida por rebatida e levada para hospital com fratura no rosto

Últimas