São Paulo Canelão da Rocinha, traficante procurado no Rio, é preso em SP

Canelão da Rocinha, traficante procurado no Rio, é preso em SP

Inácio de Castro Silva foi abordado por patrulha da Força Tática em Diadema. Ele não estava armado e não reagiu à prisão

canelão da rocinha

Canelão era um dos chefes do tráfico na Rocinha

Canelão era um dos chefes do tráfico na Rocinha

Divulgação

Inácio de Castro Silva, de 37 anos, conhecido como "Canelão da Rocinha", foi preso na noite deste sábado (24), no bairro Jardim Caema, em Diadema, na Grande São Paulo.

Um dos criminosos mais procurados do Rio de Janeiro, Canelão era considerado foragido desde setembro do ano passado. Ele tinha um mandado de prisão por tráfico de drogas e associação ao tráfico 

Esta é a segunda vez que o traficanete é preso em Diadema. Em 2012, Canelão foi encontrado em uma casa no Jardim Campanário, após a PM paulista receber uma denúncia anônima. Ele foi solto em 2016, após cumprir pena.

Desta vez, a polícia foi informada que Inácio costumava dirigir um Honda HRV, com placa do Rio de Janeiro, na região do Jardim Caema.

Na noite de sábado, uma viatura da Força Tática identificou um automóvel com estas características e fez a abordagem na Rua Vinte e Dois de Abril.

De início, Inácio negou qualquer envolvimento com o crime, mas ao realizarem uma busca pelo seu nome no sistema , os policiais constataram que se tratava de criminoso procurado por tráfico de drogas pela Justiça do Rio Janeiro. O traficante não reagiu à prisão e não estava armado no momento da abordagem.

Chefe do tráfico na Rocinha

Canelão passou por todas as funções do tráfico na maior favela carioca, até chegar a ser considerado chefe do morro.

Era comparsa de Nem da Rocinha — membro da facção Amigos dos Amigos — até que, em uma das disputas entre traficantes, foi expulso do morro em 2008.

Ele retornou à Rocinha como membro do Comando Vermelho e assumiu o controle da parte alta do morro.

    Access log