São Paulo Caso Janeth: polícia divulga imagem de suspeito de estuprar e matar menina de 7 anos

Caso Janeth: polícia divulga imagem de suspeito de estuprar e matar menina de 7 anos

José Rubson Chagas da Silva, de 40 anos, é considerado foragido e o único suspeito da morte da criança

  • São Paulo | Do R7

Criança desapareceu na tarde de domingo (24)

Criança desapareceu na tarde de domingo (24)

Reprodução/Record TV | Montagem/R7

A polícia de São Paulo divulgou na tarde desta sexta-feira (29) imagens do suspeito de ter estuprado e matado a menina Edgary Janeth Blanco, de 7 anos, que foi encontrada sem vida em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo. O homem está sendo procurado por agentes da GCM (Guarda Civil Municipal). 

José Rubson Chagas da Silva, de 40 anos, é considerado foragido e o único suspeito da morte da criança. A orientação é que, caso um cidadão veja o homem, comunique o fato à polícia ou à GCM com informações precisas imediatamente. 

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

José Rubson tinha se mudado para a comunidade havia cerca de um mês. No local moram diversas famílias venezuelanas, entre elas a da menina Janeth. Os parentes trabalham como ambulantes e emigraram para o Brasil em busca de uma vida melhor.

A menina desapareceu na tarde do último domingo (24), quando os moradores da região se juntaram em um local da comunidade com uma bacia de água para refrescar as crianças. Ela teria sumido durante a distração.

De acordo com a polícia, Janeth apresentava ferimentos na cabeça e sinais de violência sexual. O suspeito não retornou para a comunidade após a morte da criança.

'Irradiava luz por onde passava', diz amiga de dentista que foi encontrada carbonizada em SP

Últimas