São Paulo Chega a seis o número de mortos após chuvas em Embu (SP)

Chega a seis o número de mortos após chuvas em Embu (SP)

Bombeiros localizaram mais um corpo entre os escombros do deslizamento e buscam por bebê de um ano

  • São Paulo | Do R7

Chega a seis o número de mortos após chuvas em Embu (SP) e bebê está desaparecido

Chega a seis o número de mortos após chuvas em Embu (SP) e bebê está desaparecido

Reprodução / Record TV

Os bombeiros localizaram mais um corpo entre os escombros em Embu das Artes, na Grande São Paulo, pouco antes das 18h desta quarta-feira (30). Segundo a corporação, a vítima é adulta e é retirada do local já sem vida. O bebê de um ano ainda está desaparecido após as fortes chuvas. Com isso, chega a seis o número de mortos durante o temporal na cidade, sendo cinco pessoas da mesma família.

O deslizamento de terra ocorreu na rua Centauro, no Jardim do Colégio. A terra veio abaixo por volta das 22h desta terça-feira (29) e quatro corpos foram encontrados, sendo da mãe e três filhos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma casa desabou durantes as fortes chuvas que atingiram a região na noite de ontem e acabou atingindo outras três residências. Seis pessoas da mesma família ficaram soterradas. 

Uma das vítimas, retirada dos escombros, foi identificada como Jaqueline Santos Gomes, de 25 anos, além de seus três filhos: de 8 meses, 7 anos e 5 anos. A avó, Zenaide Marcelino Gomes, de 55 anos, e um bebê foram soterrados.

Segundo a informação do marido de Jaqueline, que estava chegando em casa no momento do deslizamento, e de uma parente que estava no banheiro da casa, Zenaide e o neto estavam dormindo na cama que fica nos fundos da segunda residência que desabou. De acordo com os bombeiros, o local é de difícil acesso.

Além das vítimas do soterramento, um homem de 55 anos foi levado pela enxurrada e caiu em um bueiro. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. O caso aconteceu no bairro Santa Teresa, também em Embu das Artes.

Mesmo sem chuva, o barranco ainda oferece riscos de deslizamento, o que dificulta o trabalho dos 54 brigadistas, que utilizam dois cães farejadores. 

A Defesa Civil de Embu das Artes interditou 40 casas, que estão em área de risco, uma vez que ainda podem ocorrer deslizamentos por causa do solo encharcado.

Últimas