São Paulo Chuva intensa provoca quedas de árvores e transbordamentos em SP

Chuva intensa provoca quedas de árvores e transbordamentos em SP

Butantã está em estado de alerta, diz CGE. Bombeiros registram 28 chamados para quedas de árvores e 53 para enchentes

  • São Paulo | Do R7

Vale do Anhangabaú, no centro de SP, após ser atingido por forte chuvas

Vale do Anhangabaú, no centro de SP, após ser atingido por forte chuvas

Cris Faga / Estadão Conteúdo / 29.12.2020

As fortes chuvas que atingiram a cidade de São Paulo, nesta terça-feira (29), deixaram a região do Butantã, na zona oeste, em estado de alerta. De acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas), foi resgistrado um transbordamento do Córrego Pirajuçara na rua Moncorvo Filho, às 19h02.

De acordo com o balanço do Corpo de Bombeiros, a cidade registrou 28 chamados para quedas de árvores (Ribeirão Pires, Guarulhos, Sta Isabel), desmoronamentos, desabamentos (Caieiras, São Lucas) e 53 para enchentes, alagamentos (Sto Amaro, Vila Andrade, Moema).

Segundo o centro, permanecem em estado de alerta na subprefeitura do Campo Limpo e Ipiranga. Também foi registrado um transbordamento do Córrego Morro do S. Avenida Carlos Caldeira com a rua Tulio Mugliani, na zona sul, desde às 18h33.

Um terceiro ponto de alagamento também foi registrado no  Córrego Morro do S, no Capão Redondo, na avenida Carlos Caldeira Filho, em frente a Rua Joaquim Nunes Teixeira, também na zona sul, às 18h45. Na região sudeste, houve transbordamento do Córrego Ipiranga na Praça Leonor Kauppa com a avenida Abraão de Morais, às 18h49.

Segundo o CGE, permanece em estado de atenção para alagamentos o centro, a zona norte, sudeste, oeste, a Marginal Tietê, Pinheiros, a zona sul, e a leste. 

O córrego da Mooca, na zona leste, na avenida Dr. Francisco Mesquita retorno da Av. Professor Luís de Anhaia Melo, registrou iminência de transbordamento das 17h42 às 18h33.

Chuvas e tempo

Áreas de instabilidade vindas do interior, formadas pelo calor e a umidade, continuam atuando com forte intensidade nas zonas sudeste e sul. No restante da cidade chove de forma leve e moderada e de maneira intermitente.

Segundo os meteorologistas do CGE da Prefeitura de São Paulo, as próxima horas seguem com tempo instável com chuvas variando de intensidade.

Tendência para os próximos dias

A quarta-feira (30) terá sol entre nuvens e calor. Entre a tarde e o início da noite, áreas de instabilidade provocam chuva em forma de pancadas com até forte intensidade. Há potencial para formação de alagamentos, descargas elétricas e rajadas de vento. Mínima de 19°C e máxima de 30°C.

Na quinta-feira (31), o sol predomina entre nuvens e faz calor. Entre o fim da tarde e a noite, a aproximação de uma frente fria gera nuvens carregadas que provocam chuva em forma de pancadas fortes com trovoadas e rajadas de vento. A última noite do ano promete tempo instável e chuvas intermitentes, inclusive na hora da virada. Os termômetros oscilam entre 20°C e 31°C.

Na sexta-feira, primeiro de janeiro, o sistema frontal mantém o tempo fechado e chuvoso e por conta disso, a temperatura não varia muito. As chuvas serão generalizadas, intermitentes e volumosas. Com isso, atenção, pois permanece elevado o potencial para formação de alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra. Mínima de 20°C e máxima de 24°C.

Últimas