Chuva transborda Tietê e espalha lixo na região de Salto em SP

Em 5 anos foram retiradas mais de 200 toneladas de dejetos, que vem da capital e de cidades vizinhas. Previsão para retirada é de até dois dias

Lixo vem da capital e das cidades vizinhas com a correnteza

Lixo vem da capital e das cidades vizinhas com a correnteza

Reprodução Record TV

A chuva fez o Rio Tietê transbordar e espalhar sujeira por várias regiões de Salto, no interior de São Paulo, nesta quarta-feira (10).

De acordo com informações da Bruna Macedo, da RecordTV, a situação é recorrente. O lixo vem da capital e das cidades vizinhas com a correnteza; quando o nível da água abaixa, é possível ver as ruas tomadas por dejetos.

Segundo a Defesa Civil de Salto, em cinco anos já foram retiradas mais de 200 toneladas de lixo. 

A previsão de normalização e retirada dos dejetos é de um a dois dias.

Outro caso

Em fevereiro, toneladas de lixo carregadas pelo rio, se acumularam nos principais pontos turísticos da cidade. 

O material, composto por garrafas plásticas, pedaços de isopor, brinquedos, latinhas e detritos de todo tipo, ficou preso entre as pedras e depositado em ruas ribeirinhas. Os pontos mais atingidos foram o parque das Lavras, o Complexo da Cachoeira, incluindo a Ilha dos Amores, e a avenida Castro Alves.

*Estagiária do R7, com supervisão de Ingrid Alfaya