São Paulo Chuvas em São Paulo arrastam carro e deixam pessoas ilhadas

Chuvas em São Paulo arrastam carro e deixam pessoas ilhadas

Cidades da região metropolitana, como Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica e Mogi, foram atingidas pelo temporal

  • São Paulo | Da Agência Brasil

Temporal atingiu a região metropolitana de SP na noite de ontem

Temporal atingiu a região metropolitana de SP na noite de ontem

Reprodução

A região metropolitana de São Paulo foi atingida por um temporal na noite desta quinta-feira (27). Entre os estragos, um carro foi arrastado para dentro de um córrego em Embu das Artes.

Por volta das 19h, o veículo caiu no interior de córrego na rua dos Canários. O Corpo de Bombeiros confirmou que não havia ninguém no interior do veículo, e segundo familiares o proprietário do carro estava no trabalho.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de São Paulo, das 19h19 até as 21h36 de quinta-feira, a corporação recebeu 13 chamadas para auxiliar pessoas ilhadas pela enchente.

As solicitações foram em Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica e Mogi das Cruzes, todas sem vítimas, a maioria sem necessidade de intervenção.

Frente fria e chuva

Para esta sexta-feira (28), o paulistano pode esperar mais chuvas no final do dia. Em alguns pontos da capital, a sexta-feira começou abafada, com muita nebulosidade, pancadas de chuva e termômetros oscilando em torno dos 19,2°C durante a madrugada.

De acordo com dados do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE)  da Prefeitura de São Paulo, o mês de janeiro acumulou até o momento 200 mm de chuvas, o que corresponde a 78,2% dos 255,7 mm esperados para o mês.

Durante o dia o sol aparece entre muitas nuvens e as temperaturas entram em elevação pouco a pouco. A máxima pode chegar aos 25°C e a umidade relativa do ar fica acima dos 60%.

Devido à propagação de uma frente fria pelo litoral paulista, que organiza as áreas de instabilidade sobre o estado de São Paulo, o tempo permanece instável. Logo, as chuvas devem voltar à capital paulista, principalmente entre a tarde e a noite.

Segundo o CGE, há condições para pontos de até forte intensidade com raios e rajadas de vento, o que, em conjunto com o solo encharcado, mantém elevado o potencial para formação de alagamentos, queda de árvores, transbordamento de rios e deslizamentos.

Últimas