São Paulo Depois de ser denunciado pelo MP por agressão a modelo, empresário viaja e deixa o Brasil

Depois de ser denunciado pelo MP por agressão a modelo, empresário viaja e deixa o Brasil

Defesa de Thiago Brennand diz que ele embarcou em voo de carreira e tem data para retornar. MP quer apreender passaporte

  • São Paulo | Do R7, com informações de Dayane Nascimento, da Agência Recor

Thiago Brennand já foi acusado outras vezes de agressão e responde a processos

Thiago Brennand já foi acusado outras vezes de agressão e responde a processos

Reprodução/Facebook

O empresário Thiago Brennand Fernandes Vieira, que agrediu a modelo Helena Gomes dentro de uma academia de luxo, viajou para o exterior. A viagem acontece após o Ministério Público de São Paulo denunciá-lo por corrupção de menores, ao envolver o filho na agressão, e lesão corporal com o agravamento de a vítima ser mulher.

Em nota, o advogado do suspeito afirmou que Thiago "viajou para o exterior em voo de carreira sem que existisse qualquer restrição que o impedisse de se ausentar do país. Ele tem data de retorno ao Brasil e está à disposição de autoridades".

Na denúncia, o MP pediu uma indenização de R$ 100 mil em danos morais para Helena e que Thiago não se aproxime dela. A instituição solicitou também a apreensão do passaporte do empresário. Mas a Justiça ainda não respondeu aos pedidos.

Ao menos seis pessoas acusam o empresário de agressão. A defesa disse que só vai se pronunciar sobre o caso dentro do processo.

Na quarta-feira (31), a Polícia Civil de São Paulo encerrou o inquérito que investigava a agressão à modelo e decidiu pelo não indiciamento de Thiago.

Perfil

Thiago é dono de uma herança milionária e ostenta uma vida de luxo. É professor e faixa-preta no jiu-jítsu e se apresenta como o maior colecionador particular de armas da América Latina. Em uma postagem nas redes sociais escreveu: "Todo homem tem o guarda-roupa que merece" ao lado de uma foto de um arsenal de armas.

Em um áudio sobre o flagrante de violência contra a modelo na academia, ele disse: "Eu puxei pelo cabelo para mostrar como é que faz. Coitada! Ainda esculachei ela depois na saída, na frente de todo mundo".

O nome de Thiago aparece em processos judiciais e em pelo menos 20 boletins de ocorrência.

O caso

A modelo foi agredida fisicamente pelo empresário dentro de uma academia de luxo no Jardim Paulistano, na zona oeste da capital paulista, no dia 3 de agosto. Câmeras de segurança registraram toda a ação.

As imagens mostram a mulher sendo empurrada com força. Em seguida, duas pessoas aparecem para apartar a briga. Na sequência, o homem puxa os cabelos dela. Segundo as imagens, a confusão só terminou quando frequentadores da academia separaram o agressor da vítima.

Últimas