Depois de SP ficar em estado de alerta, há risco de temporal nesta 4ª

Corpo de Bombeiros registrou 40 quedas de árvores, 3 acionamentos para desabamento e outros 36 para enchentes. Houve mais de 30 alagamentos

Rua Dom Duarte Leopoldo, no Cambuci, ficou alagada durante temporal

Rua Dom Duarte Leopoldo, no Cambuci, ficou alagada durante temporal

Reprodução / Arquivo pessoal

O temporal que deixou parte da capital paulista em estado de alerta na noite desta terça-feira (7) deve se repetir nesta quarta-feira (8). O CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas) da Prefeitura de São Paulo informou que a partir da tarde podem ocorrer pancadas fortes de chuva, acompanhadas de trovoadas e rajadas de vento. Há potencial para alagamentos. Os termômetros oscilam entre 20°C e 29°C.

Durante as chuvas da terça, o CGE contabilizou 31 pontos de alagamentos na cidade. A avenida 23 de maio, que faz parte do corredor Norte-Sul, ficou alagada. A CET informou que todas as faixas da via foram bloqueadas em ambos os sentidos, na altura do viaduto General Euclides Figueiredo.

Leia mais: É preciso tirar tudo da tomada durante uma chuva?

De acordo com o Corpo de Bombeiros, foram registradas na capital e região metropolitana de São Paulo 40 quedas de árvores, 36 acionamentos para enchentes e outros 3 para desabamento - nenhum deles com vítima.

As fortes chuvas deixaram ao menos três regiões em estado de alerta e o restante do município em atenção, segundo o CGE.  Penha, Itaquera e Ipiranga ficaram em alerta vermelho. 

Veja também: Suspeito de atear fogo em morador de rua é preso em SP

Por causa de raios que atingiram a rede elétrica, os trens circularam durante as chuvas com velocidade reduzida e maior tempo de parada nas linhas 12-Safira e 13-Jade da CPTM.

De acordo com o CGE, a quinta-feira (9) será de tempo abafado e instável. Há possibilidade de alagamentos e rajadas de vento. Mínima de 20°C e máxima de 28°C.