São Paulo Furto de cabos afeta circulação de trens na linha 3-vermelha do metrô

Furto de cabos afeta circulação de trens na linha 3-vermelha do metrô

Equipe de manutenção identificou que cabos foram cortados na região de Artur Alvim, na zona leste. Trens circularam com velocidade reduzida

  • São Paulo | Joyce Ribeiro, do R7

Cabos foram cortados numa tentativa de furto na estação Artur Alvim

Cabos foram cortados numa tentativa de furto na estação Artur Alvim

Reprodução Record TV

A razão para os trens da linha 3-Vermelha do metrô circularem com velocidade reduzida e maior tempo de parada nas plataformas na manhã desta sexta-feira (13) foi uma tentativa de furto de cabos na região do Artur Alvim, na zona leste de São Paulo.

Segundo o Metrô, a equipe de manutenção identificou que os fios foram cortados, mas não foram levados. A falha foi no equipamento de via no sentido Itaquera, mas afetou a circulação de trens em toda a linha nas duas direções.  

Leia mais: Falhas no Metrô de SP interrompem operação na noite desta quinta

Os passageiros começaram a sentir os reflexos do problema ainda antes das 6 horas da manhã. Até às 7 horas, houve controle de fluxo nas estações para evitar excesso de usuários nas plataformas. Ainda assim, as composições já chegavam lotadas às estações e era difícil o embarque.

Veja também: Projeto de lei para desmonte do Minhocão é aprovado pela Câmara

O problema foi resolvido após as 7 horas, quando a circulação dos trens foi retomada na velocidade habitual. 

Últimas