São Paulo Gerente é executado em pátio de empresa em Poá, na Grande SP

Gerente é executado em pátio de empresa em Poá, na Grande SP

Vanderley Arruda, de 51 anos, estava no carro quando outro veículo parou ao lado. O condutor disparou diversas vezes contra a vítima e fugiu

  • São Paulo | Vania Souza, da Agência Record

O gerente Vanderley Arruda, de 51 anos, foi executado dentro da empresa em que trabalhava, na rua Guarapari, em Poá, na Grande São Paulo, às 7h40 desta terça-feira (15).

Segundo informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para um caso de uma vítima que foi atingida com disparos de arma de fogo.

Leia mais: Polícia faz operação para prender suspeitos de roubo a casas em SP

Quando chegaram no local, as equipes encontraram um carro modelo Honda WR-V da cor prata, que pertencia à vítima. O veículo foi localizado com as portas abertas e tinha diversas perfurações na porta do passageiro e do motorista.

Uma das testemunhas informou à Polícia Civil que Vanderley, gerente da empresa Salute, estava no pátio da firma em seu carro, quando, momentos depois, um veículo modelo HB20 branco entrou e estacionou ao lado da vítima.

Gerente foi morto a tiros dentro do carro em pátio de empresa em Poá

Gerente foi morto a tiros dentro do carro em pátio de empresa em Poá

Reprodução / Record TV

Veja também: Jovem é suspeito de matar padrasto a facadas na zona leste de SP

Em seguida, o condutor efetuou vários disparos contra o gerente e fugiu do local.  Vanderley morreu na hora.

A Polícia Militar informou que o carro do atirador, de placa QUI-6135, constava como roubado e, até o momento, o suspeito não foi localizado.

Leia ainda: SP terá máxima de 30°C e mais uma tarde de chuva nesta quarta

Foi solicitada perícia e o Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa foi acionado. O caso foi registrado na Delegacia de Itaquaquecetuba.

Últimas