São Paulo Homem com arma falsa é detido por manifestantes durante ato na avenida Paulista

Homem com arma falsa é detido por manifestantes durante ato na avenida Paulista

Revólver de ar comprimido e munições foram comprados pelo site Mercado Livre por R$ 1.500

  • São Paulo | Letícia Dauer do R7

Polícia Civil apreende arma de ar comprimido falsa durante manifestação

Polícia Civil apreende arma de ar comprimido falsa durante manifestação

Reprodução/Polícia Civil

Após ameaçar manifestantes que protestavam em defesa da democracia, um homem foi detido com uma arma falsa, na rua Augusta, no centro de São Paulo, na noite desta segunda-feira (9).

À tarde, milhares de integrantes de movimentos sociais, sindicais e torcidas organizadas fecharam a avenida Paulista em repúdio aos atos de vandalismo praticados nas sedes dos Três Poderes, por apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) que não aceitam o resultado das eleições de 2022.

O grupo, segundo informações da Polícia Militar, começou a se dispersar pelo centro da cidade por volta das 22h30.

De acordo com o boletim de ocorrência, Marcos Akira Fujimoto foi contido por alguns manifestantes que "teriam agredido o mesmo com chutes e socos", com receio de a arma ser verdadeira. Quando policiais chegaram no local, descobriram que o revólver e as munições eram falsos. 

Em depoimento na delegacia, Fujimoto afirmou que toma remédios controlados e que estava acompanhando as manifestações. Ele ainda contou que comprou arma de ar comprimido pelo site Mercado Livre por R$ 1.500.

Ele foi interrogado pelos policiais e recusou atendimento médico e a realização de exame de corpo no IML (Instituto Médico-Legal).  

O boletim de ocorrência foi registrado com natureza não criminal como localização e apreensão de objeto no 78° Distrito Policial do Jardins. Segundo a Polícia Civil, Fujimoto foi liberado. Até a publicação desta reportagem, a defesa do homem não foi localizada. 

Últimas