São Paulo Isolamento social em São Paulo é de 47%, aponta monitoramento

Isolamento social em São Paulo é de 47%, aponta monitoramento

Segundo o governo do Estado, dados são da quarta-feira (29), aferidos pela central de inteligência de telefonia móvel com tendências de deslocamento

  • São Paulo | Cesar Sacheto, do R7

Adesão à quarentena tem caído em várias regiões de Sao Paulo

Adesão à quarentena tem caído em várias regiões de Sao Paulo

Márcio Neves/R7

O Simi-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo) revelou que o percentual de isolamento social no Estado na última quarta-feira (29) foi de 47% - as aferições são atualizadas diariamente para incluir informações de municípios. A intenção das autoridades é saber em quais regiões a adesão à quarentena para combater a pandemia do novo coronavírus é maior.

Leia também: Com 89% das UTIs ocupadas, SP vai transferir pacientes para o interior

De acordo com o governo estaudal, são acessados dados referentes a 104 cidades com mais de 70 mil habitantes - as estatísticas e os referentes gráficos podem ser consultados pelo site: saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/isolamento. Em poder dos dados, as autoridades decidem onde as campanhas de conscientização precisam ser intensificadas, inclusive com apoio das prefeituras.

Leia também: SP lança plano para testar 18 vezes mais covid-19 que a média brasileira

A central de inteligência analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social. O Simi-SP é viabilizado por meio de acordo com as operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e TIM e as informações são aglutinadas e anonimizadas sem desrespeitar a privacidade de cada usuário.

Últimas