São Paulo Menina de 9 anos sai de casa com duas armas após pai manter mãe em cárcere privado

Menina de 9 anos sai de casa com duas armas após pai manter mãe em cárcere privado

A PM foi até o local para atender a uma ocorrência de violência doméstica; o homem foi preso com mais de R$ 380 mil em espécie

  • São Paulo | Laura Lourenço, da Agência Record

Homem foi preso por posse ilegal de armas

Homem foi preso por posse ilegal de armas

Reprodução/Redes sociais

A Polícia Militar prendeu um homem por suspeita de manter a companheira em cárcere privado na casa da família, localizada no bairro Cidade Ademar, na zona sul de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (20). Durante a ação, a filha do casal, de 9 anos, saiu da residência segurando duas armas. 

De acordo com a PM, os membros da corporação foram acionados para atender a uma ocorrência de violência doméstica na casa da família.

Quando a equipe chegou ao local e tocou o interfone, foi possível escutar os gritos de socorro da mulher, identificada como Karoline.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

O proprietário da residência, chamado Carlos, abriu o portão, e Karoline saiu chorando. Ela contou que estava sendo mantida em cárcere privado e que sofria ameaças constantes do companheiro.

Segundo a vítima, momentos antes de os policiais chegarem, Carlos estava com uma arma de fogo na cintura. Durante a revista, nada de ilícito foi encontrado com o homem, que informou apenas se tratar de uma discussão familiar.

Ao ser questionado sobre as armas, ele afirmou que tinha a documentação, porém impediu que os policiais entrassem em sua casa.

Enquanto os policiais estavam lá, a filha do casal, de 9 anos, saiu da casa segurando duas armas, uma delas uma pistola que tinha a numeração raspada. Karoline ainda entregou uma espingarda calibre 12 e disse que havia mais uma arma na casa.

As equipes prenderam o homem, entraram na casa e encontraram mais duas armas: outra pistola e uma espingarda de chumbinho.

Eles ainda apreenderam mais de R$ 380 mil em espécie, dois coletes balísticos, três cadernos de contabilidade, 11 carregadores de arma e mais de 150 munições intactas. 

Mulher carbonizada é mais uma vítima de feminicídio mesmo com medida protetiva; veja outros casos

Últimas