Mesmo após cirurgias, jovem escalpelada não terá mais cabelo

Cirurgia de implantação de músculo e pele foi realizada no Hospital Especializado em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, no sábado (24)

Segundo o médico, a opção será o uso da prótese capilar

Segundo o médico, a opção será o uso da prótese capilar

Reprodução Record TV

A jovem Débora Stefanny Dantas de Oliveira, de 19 anos, que teve o couro cabeludo e parte do rosto arrancados durante acidente de kart em Recife (PE), passou por transplante microcirúrgico no sábado (24).

O cirurgião plástico, especialista em microcirurgia reconstrutiva que integra a equipe responsável pela jovem pernambucana, Alex Boso Fioravanti, informou que, infelizmente, não nascerá mais cabelo na cabeça de Débora. "O folículo piloso (estrutura dérmica capaz de produir pelo) estava no couro cabeludo, que foi perdido, por isso não crescerá mais cabelo", explica. A saída, conta o médico, é prótese capilar.

Leia mais: "Vamos fazer uma festa", diz noivo de jovem escalpelada após cirurgia

A cirurgia, que durou quase 10 horas, foi realizada no Hospital Especializado de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. “Hoje, inclusive é o Dia Nacional de Combate e Prevenção ao Escalpelamento (28), podemos dizer que a cirurgia foi um sucesso. Fizemos um curativo e está tudo bem”, disse o médico.

Um vídeo, feito por Fioravanti, mostra o passo a passo. Confira: