São Paulo 'Minha fé continua', diz mãe de copiloto de avião que caiu no mar

'Minha fé continua', diz mãe de copiloto de avião que caiu no mar

Acidente de bimotor no alto-mar entre Paraty (RJ) e Ubatuba (SP) deixou três desaparecidos. Um corpo já foi encontrado na região

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Namorada do copiloto diz que o corpo encontrado não é dele

Namorada do copiloto diz que o corpo encontrado não é dele

Reprodução/Instagram

Sem notícias do seu filho desde o acidente de um avião bimotor no alto-mar entre Paraty (RJ) e Ubatuba (SP), que ocorreu na noite desta quarta-feira (24), Ana Regina Agostin mantém a certeza de que ainda verá vivo o copiloto José Porfírio de Brito Júnior, de 20 anos.

"A minha fé continua, ela é grande, muito grande. Tanto que eu tenho aqui no meu coração que vou achar o meu filho vivo, o meu filho está em algum lugar, e ele está vivo", afirmou, em entrevista exclusiva à Record TV (veja no vídeo abaixo).

As buscas são realizadas pelo Corpo de Bombeiros de Ubatuba (SP) e de Paraty (RJ), cidades da área onde o avião caiu. Além de José Porfírio, o piloto José Carneiro e outra pessoa, ainda não identificada, estavam na aeronave. 

Por volta das 16h30 desta quarta, a FAB (Força Aérea Brasileira) localizou o corpo de uma possível vítima no mar, que ainda não teve a identificação confirmada. Logo depois, a família do copiloto foi informada de que as buscas haviam sido suspensas e de que só seriam retomadas na manhã desta sexta-feira (26). 

Nas redes sociais, a namorada do copiloto, Thalya Ares, afirmou que o corpo encontrado não é de José Júnior.

Para a mãe do copiloto, o trabalho deveria ter continuado pelo menos até o pôr do sol. "É um sentimento de impotência, de que vidas não importam na verdade. Porque não é possível, não é possível, com essa claridade", completou. 

De acordo com a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a aeronave de modelo PA-34-220T, série 34-8133079, pertence ao piloto José Porfírio de Brito Junior. Ainda de acordo com a agência, o bimotor está com operação negada para táxi aéreo mas em situação regular para aeronavegabilidade.

Últimas