São Paulo Moradores manifestam na Marginal Tietê (SP) contra a criação de novo centro temporário de acolhimento

Moradores manifestam na Marginal Tietê (SP) contra a criação de novo centro temporário de acolhimento

Manifestantes querem chamar atenção do prefeito para a impedir a construção de um CTA. Segundo eles, há unidades suficientes

  • São Paulo | Edilson Muniz, da Agência Record

Resumindo a Notícia
  • Moradores do Parque Novo Mundo se reúnem na Marginal Tietê para manifestar.

  • Eles não querem a construção de um novo centro de acolhida. "Já temos um".

  • Manifestantes estão impedindo parte do trânsito na região.

  • A polícia foi acionada ao local para tentar negociar e conter o grupo.

Alguns moradores da região Parque Novo Mundo, na zona norte de São Paulo, foram até a Marginal Tietê, sentido Castelo Branco, com cartazes para a realização de uma nova manifestação contra a criação de mais um CTA (Centro Temporário de Acolhimento).

A manifestação começou por volta das 7h desta sexta-feira (10), na mesma região onde um possível novo CTA será construído. O objetivo dos moradores é chamar a atenção do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, e impedir que essa construção seja feita.

O bairro já possui uma unidade na avenida Tenente Amaro Felicíssimo da Silveira, que, segundo a Prefeitura de São Paulo, conta com "270 vagas de acolhimento masculino e outras 50 vagas diurnas para atividades de convivência.".

Moradores querem chamar a atenção do prefeito

Moradores querem chamar a atenção do prefeito

Reprodução/Record TV - 10.03.2023

De acordo com os moradores, o Parque Novo Mundo não comporta mais uma unidade de CTA. Foi realizado um abaixo assinado online contra a construção de mais um centro de acolhida e já conta com 4.515 assinaturas.

Outros atos dos moradores já haviam sido realizados nos dias 11 de fevereiro e 2 de março.

Últimas