São Paulo Motorista que atropelou idosa já matou motoboy com carro de luxo

Motorista que atropelou idosa já matou motoboy com carro de luxo

Em 2014, ele teria atropelado motoboy com Mustang enquanto dirigia até uma casa noturna. Ele teria dito à polícia que sentiu medo de ser agredido

Audenilce dos Santos foi atropelada por um carro de luxo no Jardim Paulista

Audenilce dos Santos foi atropelada por um carro de luxo no Jardim Paulista

Reprodução Record TV

O motorista suspeito de ter atropelado a idosa Audenilce Bernardina dos Santos, de 65 anos, com um Porsche, por volta das 6h, da sexta-feira (26), na Rua Augusta, 2.239, no Jardim Paulista, no centro de São Paulo, já matou um motoboy em 2014. 

Em agosto de 2014, na zona oeste ele atropelou um motoboy no Itaim Bibi, bairro nobre da cidade, e depois fugiu. Ele dirigia um Mustang até uma casa noturna. À época, ele disse à polícia que fugiu sem prestar socorro porque teria ficado com medo de ser agredido. O homem permanece até a manhã deste sábado (27) foragido. 

No dia 22 de maio deste ano, ele foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo pelo crime de homicídio culposo na direção de veículo automotor a dois anos e oito meses de detenção, em regime semiaberto.

Leia mais: Motociclista sem capacete morre ao bater em ônibus na zona leste de SP

Além disso, durante o cumprimento da pena, o TJ-SP decretou "a proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo". Em substituição ao regime fechado, o réu também teve que prestar serviços à comunidade e doar 20 salários mínimos a uma entidade pública ou privada com destinação social.

O caso foi apresentado ao 78º DP (Jardim), que solicitou a prisão temporária do suspeito e realiza buscas para localizá-lo. O veículo envolvido no acidente foi apreendido e os exames periciais realizados.

O caso 

A idosa Audenilce Bernardina dos Santos, de 65 anos, foi atropelada por um Porsche, por volta das 6h, da sexta-feira (26), na Rua Augusta, 2.239, no Jardim Paulista, no centro de São Paulo. O motorista, de 39 anos, fugiu sem prestar socorro.

De acordo com a Polícia Civil, policiais militares foram acionados para atender uma ocorrência de atropelamento. No local, Audenilce foi encontrada caída no chão, em estado grave. A vítima foi socorrida e encaminhada ao Hospital das Clínicas, onde morreu.

Segundo relatos de testemunhas, Audenilce atravessava a faixa de pedestres, quando um carro, da marca Porsche, cor prata, que trafegava em alta velocidade, a atingiu. A vítima foi arremessada a uma distância de aproximadamente 15 metros. Após o atropelamento, o motorista desceu do carro para verificar o que tinha acontecido e, em seguida, fugiu pela Alameda Itu.

O suspeito guardou o Porsche na garagem da residência onde mora, na Alameda Jaú, 1.474, na Bela Vista, onde os policiais encontraram o veículo com a parte da frente danificada. Depois de guardar o carro, o homem deixou o local e fugiu.

Imagens de câmeras de segurança, obtidas pela polícia, comprovaram que o carro que atropelou a vítima estava em velocidade incompatível com o permitido e que o condutor percebeu o atropelamento, mas mesmo assim fugiu.

O corpo da idosa está sendo velado desde às 4h15 deste sábado, no velório Jardim da Paz, em Embu das Artes, região metropolitana de São Paulo. O sepultamento ocorrerá às 13h, no mesmo local.