São Paulo Operação no interior de SP prende 19 policiais militares por homicídio

Operação no interior de SP prende 19 policiais militares por homicídio

A ação, que está em andamento, envolve mais de 300 PMs da Corregedoria e conta com o cumprimento de 40 mandados de busca e apreensão

Operação no interior de SP prende 19 policiais militares por homicídio

Pelo menos 19 policiais militares foram presos na Operação Urupês do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), do MP (Ministério Público) de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (14). A ação conta com a Corregedoria da Polícia Militar e o Comando de Policiamento do Interior.

O grupo cumpre mandados de prisão nas cidades de Taubaté, Guaratinguetá, Pindamonhangaba e Registro, todas no interior de São Paulo. A organização criminosa foi, ainda, alvo do cumprimento de 40 mandados de busca e apreensão, que resultaram no recolhimento de armas, munição, drogas, quantias em dinheiro e também de um veículo.

As investigações que levaram à atuação conjunta do Ministério Público, da PM e da Polícia Civil foram iniciadas pela Delegacia de Investigações Gerais de Taubaté e pela Promotoria de Justiça da mesma cidade, a partir da apuração sobre a autoria de um triplo homicídio ocorrido no município em 8 de fevereiro do ano passado. Havia elementos suficientes que indicavam a existência de organização criminosa.

A operação, que ainda está em andamento, envolve mais de 300 PMs da Corregedoria. Todos os mandados foram expedidos pelo juiz da da Primeira Auditoria da Justiça Militar do Estado de São Paulo.

    Access log