São Paulo Paulo Cupertino emite documento falso no MS para fugir da polícia

Paulo Cupertino emite documento falso no MS para fugir da polícia

Revelação exclusiva do Jornal da Record indica caminho feito pelo assassino do ator Rafael Miguel e seus pais para esconder a identidade

  • São Paulo | Thaís Furlan, da Record TV

Paulo Cupertino mudou aparência física para escapar da polícia

Paulo Cupertino mudou aparência física para escapar da polícia

Reprodução/Record TV

O empresário Paulo Cupertino, que assassinou o namorado da filha, Rafael Miguel, e os pais dele, em 2019, na zona sul de São Paulo, utilizou uma certidão de nascimento falsa, emitida em Rio Brilhante (MS), para posteriormente obter um documento de identidade original no Paraná.

No entanto, o cartório do município sul-mato-grossense enviou um ofício à Polícia Civil no qual afirma que não há registro de nascimento de Manoel Machado da Silva da cidade. 

A descoberta é mais um detalhe sobre o plano de fuga de um dos criminosos mais procurados do país, revelado com exclusividade pelo Jornal da Record. O fugitivo obteve uma identidade nova em Jatazinho, cidade de aproximadamente 12 mil habitantes, localizada a cerca de 30 km de Londrina, no norte paranaense.

O servidor público do município que emitiu o documento falso em nome de Manoel Machado da Silva ao criminoso não compareceu ao trabalho nesta terça-feira (27), mas prestou depoimento à Polícia Civil.

"Se eu soubesse já tinha até mandado para a intervenção documental, você entendeu?", disse o funcionário ao ser questionado se tinha conhecimento sobre a veracidade do documento apresentado pelo suspeito.

Funcionário do posto de identificação há 20 anos, onde emite cerca de dez documentos diariamente, o homem negou conhecer Paulo Cupertino ou ter recebido vantagem financeira para facilitar a fraude. "De maneira alguma. Se oferecer, a ordem que a gente tem é chamar a polícia imediatamente, entendeu?".

Paulo Cupertino esteve pessoalmente no local por duas vezes. A primeira vez ocorreu no dia 5 de julho do ano passado, duas semanas depois do crime, quando o foragido deu entrada no pedido de um novo RG (Registro de Identificação). Depois, o criminoso retornou ao posto no dia 16 para retirar o documento.

O RG falso em nome de Manoel Machado da Silva foi cancelado e a polícia faz buscas na região para tentar localizar possíveis pistas do paradeiro atual de Paulo Cupertino.

Isabela Tibcherani, filha do foragido e ex-namorada de Rafael Miguel, disse estar surpresa com a revelação de que o pai conseguiu um documento falsificado para continuar em fuga. "Eu não tinha conhecimento desse novo fato até hoje. Nunca tive conhecimento de nenhum tipo de parentesco do pai vindo do Paraná".

A jovem diz ter mais esperanças de que o pai seja enfim localizado e preso pelas mortes do seu namorado e dos sogros. "Espero que agora fique mais fácil e dê um gás nas investigações para encontrá-lo de fato".

Paulo Cupertino mudou a sua aparência. Atualmente, ele tem os cabelos mais curtos e deixou a barba, que agora está branca. O visual é bastante diferente da época em que cometeu o crime, quando tinha cabelos compridos e estava sem a barba.

Últimas