São Paulo Polícia desconfia de mais envolvidos em morte de família no ABC

Polícia desconfia de mais envolvidos em morte de família no ABC

Corpo de pai, mãe e filho foram encontrados carbonizados em São Bernardo, no ABC Paulista. Suspeitas, filha mais velha e  namorada estão presas 

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Vítimas de assassinato tiveram corpos carbonizados

Vítimas de assassinato tiveram corpos carbonizados

Reprodução/Record TV

A polícia suspeita que outras pessoas possam ter colaborado no assassinato de pai, mãe e filho que foram encontrados carbonizados no porta-malas de um carro em uma estrada de São Bernardo, no ABC Paulista, de acordo com informações da Record TV.  A filha mais velha do casal, de 24 anos, e a namorada dela, de 31, estão presas sob suspeita do crime. Um laudo preliminar aponta que a família foi morta a golpes de pauladas antes de os corpos serem colocados no veículo.

Veja também: 'Só quero justiça', diz avó de suspeita de matar família em SP

O caso

O Jeep com os três corpos carbonizados dentro do porta-malas foi encontrado abandonado na Estrada do Montanhão, em São Bernardo Campo. Após a identificação das vítimas, os investigadores estranharam o fato de a casa estar revirada, como se tivesse sido assaltada, mas não havia sinais de arrombamento.

As suspeitas contra a filha mais velha do casal se confirmaram depois que imagens da câmera de segurança mostraram que ela e a companheira estiveram na casa dos pais na noite do crime. O carro das mulheres foi flagrado saindo ao lado do veículo onde os corpos foram encontrados. De acordo com a Record TV, em depoimento à polícia, elas se contradisseram ao contar para onde foram após deixar local.

As contradições levaram a polícia a pedir a prisão temporária do casal. As duas já estão presas. O advogado da suspeita disse que elas negam envolvimento no crime.

Últimas