São Paulo Polícia prende suspeito de matar 3 e ferir 2 em sítio em Mairiporã (SP)

Polícia prende suspeito de matar 3 e ferir 2 em sítio em Mairiporã (SP)

Suspeito é vizinho das vítimas com quem teria longo histórico de brigas por conta de queimadas na região

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Dois idosos e outro homem, de 41 anos, foram vítimas do assassino

Dois idosos e outro homem, de 41 anos, foram vítimas do assassino

Reprodução/ Record TV

A Polícia Civil de São Paulo prendeu o suspeito de ter matado três pessoas e esfaqueado outras duas em um sítio em Mairiporã, na região metropolitana de São Paulo, na madrugada desta quarta-feira (22). A informação é da Record TV

Segundo informações preliminares das investigações, o suspeito é vizinho de sítio das vítimas, com quem teria brigado porque estas tinham o costume de limpar o terreno ao redor por meio de queimadas. 

Ele prestou depoimento junto da esposa ainda na tarde desta quarta e levantou suspeitas por conta de diversos ferimentos no corpo. O suspeito ainda foi identificado por um dos sobreviventes do ataque. 

Na madrugada desta quarta, um homem atacou um sítio onde moravam três casais em Mairiporã. Emília da Luz Silva, de 74 anos, José Benedicto da Silva, 78, Ailton Aparecido Santiago, 41, morreram no local, depois de serem carbonizados e esfaqueados. 

No endereço, uma espécie de sítio com pelo menos três casas, as equipes se depararam com um homem desconhecido escondido em um matagal. Segundo a Polícia Civil, ele aparentava vestir roupa de apicultor — quem cria abelhas —, além de uma lanterna na cabeça. Ao ver as viaturas da PM, o homem fugiu.

Iria de Fátima da Luz Tomé, de 53 anos, e Erik Guedes Tomé De Sousa, de 33, foram esfaqueados e feridos. Eles estão internados em estado grave no Hospital Regional de Franco da Rocha. 

*Colaborou Mariana Rosetti, da Agência Record

Últimas