São Paulo Prefeito de Rio Grande da Serra (SP) é afastado do cargo por 90 dias

Prefeito de Rio Grande da Serra (SP) é afastado do cargo por 90 dias

Penha Fumagalli assume mandato pelo período de afastamento de Claudinho da Geladeira, investigado por caso de fura-fila de vacina

  • São Paulo | Do R7

Após votação na Câmara, Claudinho da Geladeira ficará afastado por 90 dias

Após votação na Câmara, Claudinho da Geladeira ficará afastado por 90 dias

Reprodução/Facebook

O prefeito de Rio Grande da Serra (SP), Claudinho da Geladeira (PSDB), foi afastado do cargo por 90 dias após avaliação do relatório final da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) e votação na Câmara dos Vereadores do município do Grande ABC, realizados nesta quarta-feira (15). A vice-prefeita Penha Fumagalli (PTB) assume a função durante o período.

A Comissão investigava casos de fura-fila da vacinação contra a covid-19, cujo relatório foi analisado no fim da tarde desta quarta, na Câmara.

Os parlamentares também avaliaram uma segunda denúncia, por improbidade administrativa, contra Claudinho, que responderá pelos dois processos durante o afastamento. 

Como indicou o verador Charles Fumagalli, presidente da Câmara, durante o anúncio na noite desta quarta, Claudinho da Geladeira estará afastado da função e do cargo de prefeito, mas sem prejuízo de suas remunerações.

Últimas