São Paulo Protesto para ônibus no terminal Grajaú em dia de greve de trens

Protesto para ônibus no terminal Grajaú em dia de greve de trens

Duas avenidas da zona sul tem bloqueios. Paralisação é total nas linhas 9-Esmeralda e 10-Turquesa e parcial na 7-Rubi e 8-Diamante

  • São Paulo | Mariana Rosetti e Isabelle Gandolphi, da Agência Record

Protesto para ônibus no terminal Grajaú, na zona sul de SP, em dia de greve de trens

Protesto para ônibus no terminal Grajaú, na zona sul de SP, em dia de greve de trens

Reprodução Record TV

Passageiros revoltados com a greve dos funcionários da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) interromperam a saída de ônibus do Terminal Grajaú, no extremo sul da capital paulista. O grupo ocupou a saída do terminal na avenida Dona Belmira Marin e impede que os coletivos deixem o local. A Polícia Militar foi acionada e realiza o apoio na estação.

Interdição também na avenida Teotônio Vilela, na zona sul, com galhos de árvores. Só motos passam no trecho e há extensa fila de ônibus parados na região. 

Passageiros estão parados há cerca de duas horas dentro dos coletivos e não conseguem avançar para chegar aos compromissos. 

De acordo com a CPTM, não há previsão de acionar a operação PAESE (Plano de Atendimento entre Empresas em Situação de Emergência). As empresas de ônibus mantêm 100% da frota em operação ao longo do dia.

Em nota, a SPTrans informou que as linhas de ônibus que atendem o Terminal Grajaú fazem o retorno, em ambos os sentidos, desde as 6h desta quinta-feira (15) por causa da interferência na via. Também duas linhas da EMTU (012 e 226) operam com desvios de itinerário na região do Grajaú.

Greve CPTM

A operação das linhas da CPTM teria início às 4h, mas a paralisação de funcionários afeta diferentes linhas. Não circulam as linhas 9-Esmeralda e 10-Turquesa. Segundo a empresa, adesão à greve foi total, contrariando decisão da Justiça do Trabalho de manutenção de 80% dos trabalhadores no horário de pico e 60% nos demais horários, sob pena de multa de R$ 100 mil por dia.

Pararam parcialmente as linhas 7-Rubi (Caieras - Barra Funda) e 8-Diamante (Barueri - Barra Funda) com intervalo de 10 minutos. Na estação Palmeiras-Barra Funda, a conexão com o Metrô na Linha 3-Vermelha está mantida.

Operam normalmente as Linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade nesta manhã.

De acordo com o sindicato dos ferroviários, a CPTM não reajusta os vencimentos desde 2019 e está atrasando a data-base da nova proposta à categoria. A empresa também não aceitou o acordo proposto pelo Ministério Público ao pagamento do PPR (Programa de Participação nos Resultados) 2020, com duas parcelas já vencidas.

Últimas