São Paulo Sebastião Lopes dos Santos: quem é o morador de rua executado no ABC

Sebastião Lopes dos Santos: quem é o morador de rua executado no ABC

Sebastião Lopes dos Santos, de 40 anos, foi brutalmente assassinado a tiros por ocupante de carro de luxo, no último sábado (11), em Santo André

  • São Paulo | Plínio Aguiar, do R7*

Morador de rua foi morto a tiros em Santo André (SP)

Morador de rua foi morto a tiros em Santo André (SP)

Reprodução Record TV

A Polícia Civil busca, nesta segunda-feira (13), o autor da morte do morador de rua Sebastião Lopes dos Santos, de 40 anos, assassinado a tiros no sábado (11), em Santo André, município da região do ABC Paulista.

Santos puxava carrocinha, trabalhava com reciclagem de lixo e fazia serviços em uma obra, segundo reportagem da Record TV exibida no programa Balanço Geral São Paulo (assista abaixo).

Leia mais: Homem em situação de rua é morto a pedradas na zona oeste de SP

O morador de rua morava em uma residência desocupada, na rua Visconde de Mauá. Os vizinhos descrevem Santos como tranquilo. "Esse casal [Santos e a esposa] nunca causou nenhum problema. Eles, às vezes, pediam comida, ou pediam para esquentar um prato de comida", disse.

No entanto, nos últimos dias, o morador de rua, a companheira e o cachorro do casal passaram a dormir na casa de um enteado. No sábado, ele teria saido de casa para receber o pagamento pelo bico feito em uma construção e, depois, iria comprar uma bebida. Minutos depois, foi brutalmente assassinado por ocupante de um carro de luxo. "Ele saiu para comprar vinho e nunca mais voltou", afirmou a mulher de Santos, Dalva Costa.

A Polícia Civil busca pistas para localizar o autor do crime e o veículo usado para cometer o assassinato. O crime foi registrado no 1° DP do município, e segue sendo investigado pelo setor de homicídios. Foram apreendidos na cena do crime um documento de identidade, cartões bancários e alguns papeis, todos com Santos.

Agentes da delegacia seccional investigam, também, qual seria a motivação do crime — o que já se sabe é que o morador de rua era observado de longe.

José Costa, enteado de Santos, disse que não existiam ameaças contra o morador de rua. "Tudo o que acontecia, ele me falava."

Veja também: Morador de rua é espancado até a morte no litoral de SP

O caso

Câmeras de segurança flagraram o momento em que a vítima foi baleada. Por volta de 20h, é possível ver Santos tocando a campainha de uma casa. Em seguida, um homem de boné sai de um carro de luxo, uma Mercedes, e caminha em direção ao morador de rua.

Segundos depois, o homem dispara diversas vezes à queima-roupa. Santos, ferido, sai correndo, mas logo cai na calçada. O assassino, então, volta para o carro e foge, sem levar nenhum pertence do morador de rua.

Vizinhos que ouviram os disparos acionaram o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas Santos morreu antes de o socorro chegar. O corpo de Santos foi enterrado nesta segunda.

*Com informações da Record TV

Últimas