São Paulo Servidores da Covisa protestam pelo segundo dia seguido em SP

Servidores da Covisa protestam pelo segundo dia seguido em SP

Concentração aconteceu em frente ao prédio da Secretaria Municipal da Saúde, na República. Manifestantes contaram com um carro de som

Manifestantes contaram com um carro de som na concentração dos funcionários

Manifestantes contaram com um carro de som na concentração dos funcionários

Reprodução

Pelo segundo dia consecutivo, servidores da Covisa (Coordenadoria de Vigilância em Saúde) realizaram um ato contra a transferência de funcionários sem aviso prévio. A concentração aconteceu em frente ao prédio da Secretaria Municipal da Saúde, na rua General Jardim, na República, no centro de São Paulo, por volta das 10h desta terça-feira (18).

Leia também: Prefeitura de SP suspende volta de atividades de reforço em setembro

Os manifestantes contaram com um carro de som e ocuparam somente uma calçada, sem provocar congestionamento.

Os protestos, organizados pelo Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo (SINDSEP), têm a intenção de revogar a portaria n° 319/2020, publicada no diário oficial da quinta-feira (13), que extinguiu três setores importantes dentro da Covisa, transferindo cerca de 267 servidores sem aviso prévio.

Últimas