São Paulo Sistema Cantareira registra nova queda de nível neste sábado

Sistema Cantareira registra nova queda de nível neste sábado

Represas que abastecem 7 milhões de pessoas na Grande SP perderam 0,1 ponto percentual e operam com 28% da capacidade

  • São Paulo | Do R7

Represa do Sistema Cantareira, que opera com 28% da capacidade

Represa do Sistema Cantareira, que opera com 28% da capacidade

Sebastião Moreira/EFE - 01.11.2020

O sistema Cantareira, o maior reservatório de São Paulo e responsável pelo abastecimento de mais de 7 milhões de pessoas, voltou a registrar queda de 0,1 ponto percentual neste sábado (23) e opera com 28% da capacidade de armazenamento, segundo a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo). Trata-se do segundo dia seguido com queda.

A nova redução ocorre dias após as represas que atendem parte da Grande São Paulo registrarem a primeira elevação depois de 82 dias. Ainda assim, o aumento de 0,2 ponto percentual ficou longe de deixar o sistema em situação normal — quando opera com mais de 60% da capacidade. 

Com a volta das chuvas prevista para este domingo (24), aumenta a possibilidade de que o nível pare de cair novamente. Até este sábado, a chuva registrada no sistema em outubro foi de 102,9 mm, abaixo dos 122,3 mm esperados para o mês. 

De acordo com a Sabesp, "não há risco de desabastecimento neste momento". A companhia reforça, no entanto, a necessidade do uso consciente da água.

Veja o nível dos outros sistemas que abastecem áreas da Grande São Paulo:

Rio Grande - 82,6%
São Lourenço - 61,6%
Rio Claro - 40,9%
Alto Tietê - 39,1%
Guarapiranga - 49,1%
Cotia - 47,3%

Últimas