São Paulo SP divulga protocolos contra a Covid-19 para eventos de Carnaval

SP divulga protocolos contra a Covid-19 para eventos de Carnaval

Recomendação da Covisa é que se apresente passaporte da vacina e que haja controle de acesso e mais espaços de ventilação e saídas

  • São Paulo | Do R7

Cidade de SP divulga protocolos sanitários para foliões acompanharem eventos de Carnaval

Cidade de SP divulga protocolos sanitários para foliões acompanharem eventos de Carnaval

Paulo Pinto/LIGASP/Fotos Públicas

A Prefeitura de São Paulo divulgou nesta quarta-feira (13) os protocolos sanitários para os desfiles do Carnaval 2022 no Sambódromo do Anhembi, na zona norte da capital, e também para eventos particulares. As diretrizes foram feitas com base em recomendação da Covisa (Coordenadoria de Vigilância em Saúde).

Por causa da pandemia de Covid-19, o Carnaval foi remarcado para o feriado prolongado de Tiradentes, e os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial serão nos dias 22 e 23.   

Entre as diretrizes para a realização dos desfiles das escolas de samba no Sambódromo paulistano e eventos estão:

• exigência do passaporte da vacina para o público com esquema vacinal completo (duas doses);

• disponibilizar álcool em gel 70% para higienização das mãos;

• providenciar medidas para adequação da qualidade do ar interno, em ambientes climatizados ou não, com o destravamento e abertura de portas e janelas ou utilização de sistemas acessórios para captação do ar externo para minimização dos riscos nos ambientes sem ventilação; e

• usar o maior número possível de entradas e saídas de público, para que ocorram de maneira escalonada. Há também obrigação de controle de acesso.

“O Carnaval de São Paulo é um dos maiores do Brasil e, diante do cenário que vivemos há dois anos, precisa ser organizado com mais prudência e restrições no aspecto sanitário. Com os protocolos sendo seguidos, temos certeza de que o espetáculo estará garantido e de forma segura", afirmou o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, caso haja uma mudança importante no cenário epidemiológico da Covid-19, as recomendações poderão ser atualizadas.

Últimas