São Paulo SP: homem agredido em banheiro de shopping tem morte cerebral 

SP: homem agredido em banheiro de shopping tem morte cerebral 

Vítima estava desaparecida desde o último dia 11, quando saiu para trabalhar e foi encontrado somente no domingo (14), na UTI

Ivonildo foi encontrado em coma após ser agredido em um banheiro no Mauá Plaza Shopping

Ivonildo foi encontrado em coma após ser agredido em um banheiro no Mauá Plaza Shopping

Reprodução/ Google Street View

O homem de 40 anos encontrado pela família internado em coma após ser agredido dentro de um banheiro no Mauá Plaza Shopping, na avenida Governador Mário Covas Júnior, em Mauá, na região metropolitana de São Paulo, teve morte cerebral constatada na manhã desta quarta-feira (17).

Ivonildo Ribeiro estava desaparecido desde o último dia 11, quando saiu para trabalhar e foi encontrado somente no domingo (14), na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Centro Hospitalar Municipal de Santo André, segundo a família.

No dia das agressões, no dia 11, Ivonildo chegou a ser atendido pela enfermaria do shopping e encaminhado a uma UPA (Unidade de Pront Atendimento), onde recebeu alta. Mesmo socorrido e com o registro da ocorrência no bolso, ele não voltou para casa.

Após perceberem o sumiço da vítima, a família espalhou cartazes divulgando o desaparecimento, até que uma das enfermeiras do Centro Hospitalar entrou em contato.

De acordo com a polícia, no dia da briga,o agressor permaneceu no shopping até a chegada das equipes e chegou a ser encaminhado à delegacia. O caso está sendo investigado pelo 1° DP de Mauá e as imagens das câmeras de segurança do shopping foram solicitadas para ajudar no esclarecimento do caso.

Por meio de nota, o Mauá Plaza Shopping informou que a equipe de segurança foi chamada, interveio prontamente e que a vítima recebeu os primeiros cuidados de uma enfermeira no ambulatório. Após o atendimento, consciente, ele chamou a polícia.  "O shopping agiu com toda a diligência que o caso exigiu, prestando todo o apoio ao Sr. Ivonildo, desde o momento da constatação da ocorrência até a condução para a Unidade de Pronto Atendimento", diz a a nota.

O estabelecimento lamentou o ocorrido, e afirmou que "presta solidariedade à família do Sr. Ivonildo e ressalta que não compactua com nenhuma forma de violência".

Últimas