São Paulo SP ultrapassa 10 mi de doses de reforço contra a Covid-19 aplicadas

SP ultrapassa 10 mi de doses de reforço contra a Covid-19 aplicadas

Até agora, o estado aplicou 10.007.264 doses adicionais. Mais de 95,9% dos adultos já estão com o esquema vacinal completo

  • São Paulo | Do R7

Apesar do avanço, 2,6 milhões de pessoas ainda estão com a segunda dose atrasada

Apesar do avanço, 2,6 milhões de pessoas ainda estão com a segunda dose atrasada

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O estado de São Paulo ultrapassou nesta terça-feira (4) a marca de 10 milhões de doses de reforço de vacina contra a Covid-19 aplicadas. O estado vem disponibilizando a dose adicional desde setembro.

Em São Paulo, a dose de reforço é aplicada com um intervalo de quatro meses após as duas doses das vacinas CoronaVac/Butantan, AstraZeneca/Fiocruz e Pfizer e de dois meses para quem tomou a dose única da Janssen.

Até as 9h35 desta quarta, o Vacinômetro registrava 84.950.789 doses aplicadas em toda a campanha. Do total absoluto de vacinas aplicadas até o momento, 38.299.109 são de primeira dose, 35.456.242 de segunda, 1.188.174 de dose única e 10.007.264 da adicional.

Entre os adultos, 95,99% já estão com o esquema vacinal completo. Considerando-se toda a população, 85,31% têm pelo menos uma dose e 79,16% concluíram o esquema vacinal.

"Neste momento, com a circulação da nova variante Ômicron, é fundamental que a população complete seu esquema vacinal para estar totalmente protegida. Quem já tomou as duas doses deve procurar as Unidades Básicas de Saúde [UBSs] para tomar a dose adicional", destaca a coordenadora do PEI (Plano Estadual de Imunização), Regiane de Paula.

Faltosos da segunda dose

O Governo de São Paulo está convocando os 2,6 milhões de pessoas que ainda não compareceram para tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 para buscar os postos para se imunizar.

O balanço contabiliza 673,3 mil pessoas que ainda precisam completar o esquema vacinal com o imunizante do Butantan/CoronaVac, outras 663,2 mil com o da Fiocruz/AstraZeneca/Oxford e 1,2 milhão com o da Pfizer/BioNTech.

Para completar o esquema vacinal contra a Covid-19, são necessárias duas doses para a vacina do Butantan (intervalo de 28 dias), da Fiocruz (8 semanas) e da Pfizer (21 dias). Caso o prazo seja ultrapassado, é fundamental que o cidadão procure um posto assim que possível para receber orientações e completar a imunização.

Últimas