São Paulo Suspeito é preso com 13 kg de cocaína em solas de sapato em SP

Suspeito é preso com 13 kg de cocaína em solas de sapato em SP

Seis suspeitos de portar ao todo 30 kg de droga e peças para armas de fogo foram detidos neste fim de semana no aeroporto de Guarulhos

  • São Paulo | Vania Souza, da Agência Record

Mais de 13 Kg de cocaína ocultos em solas de calçados

Mais de 13 Kg de cocaína ocultos em solas de calçados

Reprodução DEAIN

Um homem natural da Nigéria foi detido pela Polícia Federal sob suspeita de tentar embarcar com 13 kg de cocaína em solas de sapato em um voo com destino a Etiópia no aeroporto de Guarulhos neste sábado (25).  No mesmo voo, um outro homem, natural da Letônia, suspeito de transportar 4 kg de cocaína no fundo da mochila também foi preso.

Ao todo, agentes da PF e da Receita Federal, prenderam seis pessoas, suspeitas de portar, ao todo, 30 kg de droga e peças para arma de fogo no aeroporto em ações ocorridas neste sábado (25) e no domingo (26).

Leia também: Jovem é morta com golpes de faca por namorado na Brasilândia (SP)

Na entrada para um voo com destino a Portugal, uma mulher da Romênia foi detida suspeita de portar 3 kg de cocaína ocultos dentro de embalagens de lençóis e pó de café. Uma brasileira que pretendia embarcar para Johanesburgo, na África do Sul, foi presa suspeita de tentar levar com quase 4 Kg de cocaína ocultos em um fundo falso da bagagem de mão.

Leia também: Homem é preso com 1,6 tonelada de maconha no interior de São Paulo

No domingo (26), um brasileiro vindo dos Estados Unidos foi detido sob suspeita de trazer acessórios para uso em armas de fogo sem autorização. De acordo com a polícia, ele alegou que as peças eram para uso próprio. Ele foi detido pelos agentes da Receita Federal e conduzido à PF, onde foi preso com base no Estatuto do Desarmamento.

Leia também: Quatro são presos e mais de 500 celulares apreendidos em São Paulo

Em outra ação, a PF prendeu um homem de nacionalidade alemã suspeito de tentar embarcar para Zurique, na Suíça, com mais de 5 kg de cocaína em duas malas.

Os presos foram conduzidos para a DEAIN (Delegacia Especial no Aeroporto Internacional de São Paulo), em Guarulhos e, em seguida, a presídios estaduais onde permanecerão à disposição da Justiça.

Últimas