São Paulo Técnico morre após sofrer descarga elétrica em estúdio do coach Pablo Marçal

Técnico morre após sofrer descarga elétrica em estúdio do coach Pablo Marçal

Palestrante motivacional lamentou a morte e informou, por meio de seu advogado, que espaço estava alugado para uma produtora

  • São Paulo | , Júlia Girão e Melissa Venturini* do R7

Pablo Marçal e Celso Silva

Pablo Marçal e Celso Silva

Arquivo pessoal/Pablo Marçal e Divulgação

O técnico audiovisual Celso Guimarães Silva, de 49 anos, morreu na quarta-feira (28) após sofrer uma descarga elétrica e caiu de uma altura de cerca de 4 metros durante um evento em um estúdio do coach Pablo Marçal, na região de Aphaville, em São Paulo. 

Em entrevista ao R7, o advogado do empresário, Tassio Renan, afirmou que eles lamentam o ocorrido e confirmou que o local estava alugado para uma produtora de eventos, a BlackStage. 

O representante ainda informou que todas as medidas são de responsabilidade do locatário. "Enquanto locador, não temos que tomar nenhuma medida. Quem tomou a medida foi o locatário, e ali foi chamado socorro. O socorro foi prestado, tanto é que o Celso saiu com vida para o hospital e infelizmente, após três dias, ele veio a falecer." 

Antes de falecer, o técnico gravou um vídeo em que explica como aconteceu o acidente. “Coloquei o tubo de lado, recebi uma descarga elétrica de 220 volts, caí da escada e só me lembro que depois estava no hospital. Agora, estou com dor em tudo que é lado, costelas, coluna comprometida, é isso”, relatou ele.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

A gravação foi feita a pedido da presidente do Sindcine (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Cinematográfica e do Audiovisual), Sonia Santana.

Em entrevista ao R7, ela informou que eles não esperavam a fatalidade e que solicitou a gravação do vídeo como uma forma de segurança.

Sonia ainda informou que a produtora não contratou um seguro para o trabalho. "Então existem contratos de trabalho com seguro de vida, independente se ele é um técnico CLT, se ele é um técnico que emite uma nota. Não importa a forma de contratação, ele tem direito a um seguro de vida, e a gente sabia que nesse trabalho não havia."

A presidente do Sindcine informou que ainda não se sabe de quem é a culpa pelo ocorrido. "O estúdio pode ter uma participação na causa do acidente, mas somente uma investigação pode definir o que aconteceu ali em termos de segurança dentro daquele estúdio."

O advogado de Marçal afirma que o estúdio não tem responsabilidade com o acidente. "A responsabilidade é da produtora que o alugou, porque a gente não tem culpa de qualquer coisa." Procurada, a BlackStage não se manifestou até a publicação desta reportagem.

Polêmicas

Trata-se de mais um óbito que aparece associado de alguma forma ao nome de Pablo Marçal nos últimos dias. No início de junho, um funcionário da empresa de Marçal, a X Grow, morreu durante uma maratona. Bruno Teixeira tinha 26 anos e morreu após correr por 15 quilômetros. O evento era uma maratona, em que seriam percorridos 42 quilômetros. A polícia investiga o caso. 

Marçal afirma que a corrida foi organizada pelos funcionários e que não tem nenhuma responsabilidade com o fato. 

Em 2022, o nome do coach também esteve em outra polêmica. Na ocasião, o influenciador, junto de dezenas de seguidores, ficou preso em uma trilha do Pico dos Marins, na Serra da Mantiqueira. O local tem quase 2.500 m de altitude. Os participantes e o coach motivacional precisaram ser resgatados por militares do Corpo de Bombeiros em meio a ventos de 100 km/h.

Serra Gaúcha tem temperatura abaixo de zero e geada; veja fotos

Últimas