São Paulo Vizinhos de escola em Guarulhos (SP) reclamam de brigas e confusões na saída de alunos

Vizinhos de escola em Guarulhos (SP) reclamam de brigas e confusões na saída de alunos

Em vídeo feito por moradores da região, é possível ver grupo de sete meninos agredindo jovem com socos e chutes

  • São Paulo | Nayara Paiva e Luan Leão*, da Agência Record

Confusões geralmente são no horário da saída dos alunos

Confusões geralmente são no horário da saída dos alunos

Reprodução/Cidade de Guaurlhos - 25.03.2022

Vizinhos da Escola Estadual Maria Angélica Soave, localizada na rua Coronel Pachêco, no bairro Nova Taboão, em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo, reclamam de brigas e confusões nos horários de saída dos alunos.

Um vídeo publicado nas redes sociais mostra o tumulto de alunos correndo em uma rua estreita. Em certo momento, é possível ver um grupo de pelo menos sete meninos agredindo com socos e chutes outro jovem, que seria aluno da escola.

O garoto tenta correr para escapar dos golpes, mas cai no chão após receber um chute. No chão, o rapaz continua agredido com pontapés e chega a ser pisoteado por outras pessoas que fugiam da confusão.

Nos comentários da publicação, os moradores da região relatam que as brigas se tornaram frequentes e em alguns dias, em dois horários, na saída da manhã e da tarde.

Em nota, a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo disse que repudia qualquer forma de agressão dentro ou fora das escolas, e que a escola mencionada não tem histórico de violência ou registro de confusões dentro da unidade.

A Seduc disse ainda que no caso do vídeo, a Polícia Militar foi acionada para realizar a dispersão.

Segundo a secretaria, o caso foi registrado na plataforma Conviva SP - Placon, sistema utilizado pela comunidade escolar para acompanhamento de ocorrências nas escolas da rede estadual de ensino.

*Estagiários sob supervisão de Edilson Muniz

Últimas